REDE EBSERH

Secretário estadual garante empenho para concluir obra de hospitais

qua, 13/03/2019 - 19:48

Carlos Roberto Rodrigues fez a afirmação durante encontro com o presidente da Ebserh no Complexo Hospitalar de Fortaleza

Presidente visitou Complexo Hospitalar nos dias 11 e 12 de março, quando reuniu-se com secretário estadual de saúde, reitor da UFC, equipes técnicas e governança dos hospitais

Fortaleza (CE) – Na sua terceira visita a hospitais da Rede Ebserh depois que assumiu a presidência da estatal, Oswaldo Ferreira, reuniu-se, nesta segunda-feira, 11, com o secretário de Saúde do estado do Ceará, Carlos Roberto Rodrigues. Durante o encontro, realizado no Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Ceará (UFC), o gestor estadual afirmou que fará todo o empenho para que a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) financie a conclusão das quatro grandes obras nos hospitais universitários vinculados à Rede Ebserh no Ceará: a UTI de 40 leitos, os 50 leitos de enfermarias cirúrgicas e os oito leitos para o transplante de medula óssea no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) e os 60 leitos de UTI neonatais na Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (Meac).

O presidente da Ebserh, que tem ampla experiência na área de infraestrutura, salientou que acompanhará de perto a execução das obras. “Solicitei que os gestores do Complexo Hospitalar me apresentem um projeto detalhado, com prazos e responsabilidades, para que tenhamos a realidade daquilo que precisa ser feito a fim de que, no menor prazo possível, possamos ter aqueles leitos de enfermaria e UTI funcionando. Estaremos atentos e apoiando todo o desenvolvimento desse projeto e queremos destacar o importante apoio recebido da Secretaria de Saúde do Ceará”, ressaltou.

Na oportunidade, o superintendente do Complexo Hospitalar, Luciano Moreira, comprometeu-se a contratar os projetos complementares – rede de gases medicinais, infraestrutura de telecomunicações, elevadores, subestação própria de energia elétrica, entre outros indispensáveis ao pleno funcionamentos dos leitos – necessários para licitar tais obras. “Os projetos das enfermarias de 50 leitos cirúrgicos já foram, inclusive, contratados”, antecipou.

Diante desses anúncios, o presidente da Rede Ebserh alinhou com o secretário da Saúde do Ceará que, logo que o primeiro conjunto de projetos complementares estiver pronto, momento em que se conhecerá a estimativa de valores das obras, Ebserh e Governo do Estado vão entrar em entendimento para definir como tais negociações acontecerão do ponto de vista prático, com responsabilidades, ações e prazos bem definidos.

Presente na reunião, o juiz Leonardo Martins, titular da 6ª Vara da Justiça Federal do Ceará, manifestou satisfação pelo interesse da Ebserh e do Governo do Estado em concluir as obras no Complexo Hospitalar.

A visita aos hospitais foi realizada nos dias 11 e 12. Além do presidente da estatal, participaram também o diretor de Gestão de Pessoas, Rodrigo Augusto Barbosa; o representante da Diretoria de Administração e Infraestrutura, Márcio Borsio; e o consultor jurídico, Alessandro Martins.

Reuniões

Na tarde de segunda, o presidente da Ebserh foi recebido pelo reitor da UFC, Henry Campos. Oswaldo Ferreira chamou a atenção para a importância do fortalecimento das relações institucionais entre a Universidade e a estatal. “As duas instituições precisam caminhar lado a lado, entendendo sim suas responsabilidades próprias, mas também abertas sempre ao diálogo e à cooperação mútua”, destacou o gestor da Ebserh. Em seguida, a comitiva seguiu para visitas às instalações do Complexo Hospitalar.

Na manhã de terça (12), o presidente da Ebserh conversou com equipes médicas e gestores do Complexo Hospitalar, que apresentaram processos, indicadores e sugestões de melhoria.

Em seguida, a comitiva foi conhecer a Unidade de Pesquisa Clínica (UPC) do Complexo, quando foi apresentado o histórico da área, as conquistas e os desafios, com destaque para o aumento do número de pesquisas desenvolvidas no HUWC e na Meac.  “Em cinco anos, duplicamos o número de pesquisas, passando de 119 para 232 e, com a implementação do Núcleo de Apoio ao Pesquisador, houve um incremento de 800% na procura pelos serviços ofertados”, explanou o chefe do Setor de Gestão da Pesquisa e Inovação Tecnológica, Marcellus Souza.

Oswaldo Ferreira ressaltou que a sua gestão prioriza ensino, pesquisa e extensão. “Os profissionais que exercem a assistência em todos os hospitais do país dependem, especialmente, da formação que recebem nos hospitais universitários federais. A atividade da atenção à saúde é consequência dessa qualificação. Vamos atender melhor à população à medida que formamos melhor”, concluiu.

Sobre a Ebserh

Desde novembro de 2013, o Complexo Hospitalar da UFC é filiado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

 

Visita do Presidente da Ebserh ao Complexo Hospitalar da UFC

Oswaldo Ferreira esteve no Complexo Hospitalar da UFC onde se reuniu com o reitor da instituição de ensino, com o secretário estadual de saúde e com equipes técnicas e de governança dos hospitais locais.

Fonte
Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh
HUWC - UFC
obras
visita
presidente
complexo hospitalar
huwc
meac
ufc