Minha História com a Rede Ebserh

“Eles te tratam tão bem que você se sente no mundo deles”

O gesto de gratidão da paciente Silmara Gonçalves emocionou a todos que tiveram a oportunidade de presenciar ou de assistir o vídeo postado em sua rede social e repostado por nós no nosso Instagram.

Após ter recebido alta, ela voltou ao Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes) para agradecer o carinho e o cuidado tão importantes para sua recuperação.

Em Aracruz-ES, cidade onde mora, Silmara descobriu que estava com pedras na vesícula e que uma delas havia se deslocado para o canal do pâncreas. O tratamento foi iniciado na mesma cidade, porém, ela precisou ser transferida para o Hucam, a fim de realizar procedimentos cirúrgicos para a retirada das pedras.

Após complicações na cirurgia, Silmara precisou ficar cerca de 1 mês internada e relata: “Foi uma luta horrível, não só pra mim, mas para os profissionais da UTI também, porque tinha dia que eu achava que eu não ia conseguir. Às vezes eu achava que eu não ia sair dali viva. A atenção e o cuidado eram tão grandes que me lembro e choro, só que na mesma hora eu lembro de tanta coisa boa, de tantas conversas, brincadeiras e incentivos, que os momentos ruins ficaram como experiência”.

Silmara Gonçalves, paciente do Hucam-Ufes

A paciente destacou que em todos os momentos recebeu o carinho e a atenção por parte das equipes da UTI, do Centro Cirúrgico e da limpeza, que sempre perguntavam se ela estava se sentindo bem.

Durante o vídeo compartilhado, Silmara citou em seu agradecimento os médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos. Segundo ela, as palavras positivas e os bons exemplos de recuperação de outros pacientes nas mesmas condições que foram citados pelas equipes assistenciais foram essenciais para que ela se restabelecesse.

“Eu quero deixar meus sinceros agradecimentos a toda a equipe do Hucam e dizer que vocês são incrivelmente importantes”, concluiu Silmara.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hucam-Ufes faz parte da Rede Ebserh desde abril de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados às universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a rede hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.