Notícias Notícias

Voltar

Controle da dor e redução de comorbidades serão debatidos na “1ª Jornada de dor do HC-UFMG”

Discussão

Controle da dor e redução de comorbidades serão debatidos na “1ª Jornada de dor do HC-UFMG”

Durante o evento, serão abordadas as principais barreiras ao satisfatório manejo de dor

A dor é uma experiência sensitiva e emocional desagradável associada ou relacionada a lesão real ou potencial dos tecidos, segundo a Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED). Para apresentar a importância do adequado tratamento da dor, sofrimento e complicações relacionadas ao seu subtratamento, o Hospital das Clínicas da UFMG realizará, no próximo dia 17, a sua “1ª Jornada da Dor”. O evento acontecerá no Auditório do Instituto Alfa, localizado no segundo andar do prédio principal do hospital, das 13h30 às 18h.

A jornada é direcionada a funcionários envolvidos na assistência aos pacientes do Complexo HC-UFMG. Durante o evento, serão abordadas as principais barreiras ao satisfatório manejo de dor, em especial, sua efetiva avaliação, de forma alinhada ao protocolo de dor da instituição. Também serão discutidas as principais barreiras para o tratamento, a escada analgésica da Organização Mundial da Saúde, o tratamento farmacológico, a dor oncológica, pediátrica e aguda pós-operatório, dentre outros assuntos.

Segundo a médica Graziele Sales Diniz, uma das coordenadoras do evento, a dor é a causa mais frequente de consultas médicas. “A ideia é motivar os profissionais a prestarem atenção na dor do outro, dando a devida importância a ela”, afirmou.

 As inscrições podem ser realizadas neste link.

Confira a programação completa.