Notícias Notícias

Voltar

Questionário irá coletar dados sobre a mobilidade

Prorrogado

Questionário irá coletar dados sobre a mobilidade

Plano é essencial para o licenciamento ambiental e urbanístico da Faculdade de Medicina, Escola de Enfermagem e Hospital das Clínicas

O Hospital das Clínicas (HC-UFMG), a Faculdade de Medicina e a Escola de Enfermagem da Universidade Federal de Minas Gerais, em cumprimento às diretrizes estabelecidas pelos órgãos municipais que atuam na regulação do espaço urbano e na gestão e controle dos impactos ambientais, irão coletar dados sobre a mobilidade urbana dos usuários do Campus da Saúde da UFMG. Até o próximo dia 31 de maio, toda a comunidade que estuda e trabalha em um dos três locais e frequenta o Campus Saúde deverá responder a um questionário disponível nos sites das unidades.

O objetivo é analisar o perfil dos trabalhadores e estudantes quanto ao sistema de transporte utilizado no deslocamento de casa para o trabalho e conhecer alguns hábitos, interesses, disponibilidade e preferências dos usuários sobre os modos de transporte. O questionário possui duas versões: uma para alunos (acesse aqui), composto por 16 questões, e outra para funcionários (acesse aqui), composto por 21 questões. As respostas são totalmente anônimas e o tempo médio de preenchimento é de cinco minutos.

As informações irão subsidiar uma proposta de Plano de Gestão de Mobilidade que será apresentada à Prefeitura de Belo Horizonte como condição para o licenciamento ambiental e urbanístico do Campus Saúde, considerado um empreendimento de impacto. De acordo com a lei 9.959/10, os empreendimentos de impacto são aqueles que possam sobrecarregar a infraestrutura urbana ou aqueles que venham a causar alguma repercussão ambiental significativa.

Para a instalação, construção, ampliação ou funcionamento desses empreendimentos, é necessário o licenciamento ambiental e urbanístico expedido pela Prefeitura de Belo Horizonte. Segundo a arquiteta e urbanista da UFMG, Márcia Moreira Tofani, a Universidade tem se esforçado para buscar a regularização dos seus espaços físicos perante a legislação vigente. “Sem essa regularização, os órgãos municipais não liberam nenhum tipo de autorização, como aquela necessária para a construção do anexo da Escola de Enfermagem ou os Alvarás de funcionamento das unidades”, afirmou.

Histórico

O processo de licenciamento ambiental do Campus da Saúde da UFMG foi iniciado pelo Hospital das Clínicas, cuja Licença de Operação (LO) foi obtida em dezembro de 2010.  Desde então, esforços têm sido dedicados na busca de sua renovação e cumprimento das diretrizes estabelecidas pelos órgãos de licenciamento.

Em dezembro de 2016, outro passo importante foi a obtenção do Atestado de cumprimento do Parecer de Licenciamento Urbanístico (PLU) da Faculdade de Medicina da UFMG e Escola de Enfermagem da UFMG, o que possibilitará a obtenção dos alvarás de funcionamento das unidades acadêmicas instaladas no Campus da Saúde. Cabe destacar que existem diversas diretrizes estabelecidas pelos órgãos municipais a serem cumpridas pela UFMG dentro do prazo de validade do referido Atestado.