Hospital de Clínicas

da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Grupo de Trabalho em Humanização Grupo de Trabalho em Humanização

Apresentação Apresentação

Grupo de Trabalho em Humanização - Apresentação

Missão

Articular ações que promovam a cultura humanística entre os atores da saúde e usuários, bem como adequação do ambiente, com a perspectiva de apoio ao desenvolvimento da assistência humanizada para todos.

 

Objetivos

Atender a todas as pessoas que procuram os serviços de saúde, garantindo a acessibilidade universal; 

Reorganizar o processo de trabalho, de forma que este desloque seu eixo central do médico para uma equipe multiprofissional - o Graf;

Qualificar a relação trabalhador-usuário, na constituição de um serviço de saúde de qualidade, mantendo atenção integral que atenda a todos; 

Valorizar o trabalho dos profissionais de saúde;

Ações voltadas para a prestação de serviços aos usuários, familiares garantir a melhor qualidade de atendimento;

Entender que o acolhimento é uma ação técnica assistencial que possibilita analisar o processo de trabalho em saúde.

 

Justificativa

O GTH atende à Política Nacional de Humanização proposta pelo Ministério da Saúde ao prevenir, cuidar, proteger, tratar, recuperar e informar.

O acolhimento só é feito ao manter-se uma atitude de responsabilidade de todos os profissionais de saúde junto ao usuário de forma ética e acima de tudo garantindo o atendimento com capacidade de intervenção na relação de trabalhador e usuário.

 

Proposta do GTH

Atuar de forma que possa a permitir uma reorganização e mudar o processo de trabalho da equipe multiprofissional em especifico quanto à escuta, informação e resolução de problemas. Envolver o usuário e seus familiares no método da ação técnico-assistencial para obterresultados de eficiência quanto à produção em saúde. 

 

Ações do GTH

Acolher os familiares dos pacientes e informar-lhes sobre as normas e rotinas da instituição;

Conduzir processo permanente de mudanças da cultura de atendimento à saúde, promovendo o respeito à dignidade da pessoa humana;

Constituir-se como espaço coletivo democrático, de escuta, análise, elaboração e decisão sobre os projetos de humanização na melhoria da prestação dos serviços;

Apoiar as diversas iniciativas de humanização dentro do HC;

Ser elo com a Alta Administração para conhecer as decisões e poder transmiti-las de forma precisa

Conceber forma de participação da comunidade, buscando os pontos de interseção com entidades da sociedade civil, poder público e outras instituições;

Organizar a oferta de trabalho voluntário;

Estabelecer fluxo, rotinas, protocolos entre os setores da instituição;

Acompanhar a construção de indicadores, o processo de avaliação e divulgação dos resultados; 

Definir estratégia de comunicação e integração entre os diferentes setores, (reconhecer ser este um dos mais significativos instrumentos de integração existentes).

 

Resultados alcançados com a atuação do GTH

  • Diminuição de queixas à Ouvidoria;
  • Maior número de acompanhantes orientados sobre direitos e deveres;
  • Maior número de servidores orientados quanto às normas e rotinas institucionais;
  • Maior controle da infecção por transmissões cruzadas e contato;
  • Maior segurança aos pacientes nas unidades;
  • Aumento de doadores de sangue;
  • Redução dos conflitos existentes entre família e equipe de saúde;
  • Agilidade na condução da informação sobre obtidos;
  • Redução da permanência do paciente agilizando exames e interconsultas;
  • Informar e esclarecer ao paciente e familiar de forma clara quanto a assistência e condutas médicas prestadas.

Navegação Navegação