Notícias Notícias

Voltar

Ações alertam para a importância do aleitamento materno

Conscientização

Ações alertam para a importância do aleitamento materno

A 25ª Semana Mundial do Aleitamento Materno e o Agosto Dourado incentivam a amamentação

De 01 a 07 de agosto realizou-se a 25ª Semana Mundial do Aleitamento Materno (SMAM) que, associada ao Agosto Dourado, mês de conscientização sobre a amamentação, buscam promover ações e incentivar o aleitamento materno. No Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande, vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares, as atividades são desenvolvidas pelo Banco de Leite Humano (BLH) e Hospital Amigo da Criança. 

Em 2017, as duas campanhas abordam a temática “Ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer junto com você”, numa perspectiva de que a amamentação não é apenas um assunto das mães, mas responsabilidade de toda a comunidade. O leite materno é considerado o melhor alimento para o bebê, pois possui todos os nutrientes necessários para que cresça saudável, sem que seja necessário qualquer outro tipo de alimentação antes dos seis meses de vida, ajudando no fortalecimento do sistema imunológico. Mas os benefícios não são só para o bebê, a mãe também é favorecida com uma recuperação mais rápida do útero, diminuindo o risco de hemorragia e anemia após o parto. Ajuda também na redução do peso e minimiza o risco de desenvolver câncer de mama e de ovário. Dados do Ministério da Saúde, registram que no Brasil, 41% das mães amamentam exclusivamente até os seis meses.

Mesmo sabendo a importância, há mães que têm dificuldades ou não conseguem amamentar seus filhos devido à razões diversas. Por isso, foram criados os Bancos de Leite Humano (BLH), uma rede especializada em apoiar, proteger e promover o aleitamento materno e que vem ultrapassando fronteiras e, hoje, abrange mais de 20 países. O BLH do HU-FURG é o único do sul do Rio Grande do Sul, iniciou suas atividades em 2002, impulsionado pela Comissão do Hospital Amigo da Criança e pelas Amigas do HU, sendo implementado em 2007. Desde 2013 submete seu trabalho à avaliação da Rede Global de Bancos de Leite Humano e vem sendo certificado pelo seu desempenho. Em 2016, recebeu o certificado “Excelência em Bancos de Leite Humano – Categoria Ouro”, a mais elevada categoria concedida a um BLH. 


Agosto Dourado

A Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM) é uma estratégia idealizada pela Aliança Mundial para Ação em Aleitamento Materno (Waba, a sigla em inglês). Ela foi iniciada em 1992. E oficialmente, é celebrada de 01 a 07 de agosto. Em cada ano é trabalhado um tema diferente que foque na sobrevivência, proteção e desenvolvimento da criança.

O “Agosto Dourado” é uma extensão da SMAM e simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. De acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Laço Dourado é, em si, uma maneira de promover o valor da amamentação para a sociedade. Um lado do laço representa a mãe, e o outro, a criança. Sendo simétrico, simboliza que os dois são vitais no sucesso da amamentação. O nó representa a rede de apoio que é o pai, a família e a sociedade. As pontas do laço são o futuro, simbolizando o aleitamento materno continuado até os dois anos ou mais, sendo exclusivo até os seis anos de vida. 

Em uma parceria firmada com o Prefeitura Municipal, as atividades do Agosto Dourado devem se estender até o mês de dezembro, ampliando o atendimento às Unidades Básicas de Saúde (UBS)


Banco de Leite Humano do HU-FURG

A equipe responsável pelo BLH realiza a coleta interna e externa, o processamento, o controle de qualidade e a distribuição do leite humano de acordo com demanda interna dos da UTI Neonatal e da UTI Pediátrica. São coletados mensalmente cerca de 40 litros de leite humano, o que nem sempre supre a demanda. A coordenadora do BLH, Grace Santos, lembra “que o leite humano cru é usado apenas de mãe para filho, mas quando é pasteurizado, pode ser distribuído para todos que precisam”. Podem ser doadoras de leite as mulheres que estiverem amamentando e que tenham a carteira de gestação atualizada. As doações podem ser feitas diretamente no Banco de Leite no HU-FURG, diariamente (inclusive aos domingos e feriados), das 8h às 18h. Para quem deseja doar leite, mas não tem como se deslocar até o HU-FURG, pode obter informações pelo telefone (53) 3233-8880.