Notícias Notícias

Voltar

HU-FURG ultrapassa 350 DIUs inseridos pós-parto imediato

PLANEJAMENTO FAMILIAR

HU-FURG ultrapassa 350 DIUs inseridos pós-parto imediato

Técnica pioneira no RS é referência para outros hospitais

O Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG), vinculado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), atingiu a marca de 355 DIUs (Dispositivos Intrauterinos) inseridos pós-parto imediato. A técnica, que utiliza o método contraceptivo em mulheres que acabam de dar à luz, é pioneira no Rio Grande do Sul, implantada pelo HU-FURG desde setembro de 2017, servindo de referência para outros hospitais do Estado.

De acordo com a Obstetra e chefe da Unidade da Mulher do HU-FURG, Tânia Fonseca, a colocação do DIU ainda na sala de parto ou logo antes de terem alta da maternidade, facilita a vida das mulheres, que não precisam esperar algumas semanas e nem voltar ao consultório do médico para pedirem o DIU. “A medida garante os direitos sexuais e reprodutivos da mulher e possibilita que ela possa ter alta já usando um método seguro, de alta eficácia e longa duração. Além disso, devemos ressaltar que grande parte das gestações não são planejadas, principalmente entre as adolescentes”, observou Tânia.  

O procedimento de colocação do DIU pós-parto é simples e rápido, devendo ser realizado 10 minutos após a saída da placenta ou até 48 horas após o parto. A gestante deverá informar seu interesse pelo método contraceptivo no pré-natal ou antes do parto, não havendo necessidade de nenhum exame prévio para colocação. Somente é necessário o preenchimento do termo de consentimento, que é disponibilizado junto com o Dispositivo. Após a colocação do DIU, a paciente passará por consulta de revisão, no prazo de 30 a 45 dias, onde será verificado se ocorreu deslocamento do Dispositivo. Além do pós-parto, o DIU pode ser colocado pós-abortamento.

O pioneirismo da técnica no estado gaúcho tem gerado interesse de hospitais do interior e até mesmo da capital em conhecerem mais sobre o procedimento. Dessa forma, profissionais do HU-FURG tem realizado treinamentos de equipes médicas de outros hospitais. Além do DIU pós-parto imediato, o HU-FURG oferece outros métodos contraceptivos como laqueadura tubária, colocação de DIU (ambulatorial) e vasectomia.
 

DIU
Embora o DIU seja o método contraceptivo mais usado do mundo, ainda não é muito popular no Brasil – apenas 1,9% das mulheres em idade fértil utilizam o dispositivo, segundo o Ministério da Saúde (MS). Para mudar isso, o MS vem ampliando o acesso, que é gratuito, ao DIU de cobre nas maternidades brasileiras atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), para uso no período pós-parto e após aborto espontâneo ou induzido. Por ser um método de longa duração, o DIU é considerado um dos anticoncepcionais mais eficazes – com índice de falha que varia de 0,5 a 1%, conforme estudo realizado pela Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia (FEBRASGO).

 

Sobre a Ebserh
Desde julho de 2015, o Hospital Universitário Dr. Miguel Riet Corrêa Jr. da Universidade Federal do Rio Grande (HU-FURG) faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Assessoria de Comunicação do HU-FURG/Ebserh