Notícias Notícias

Voltar

Novos Cadernos de Processos e Práticas são apresentados ao HU-UFJF

GESTÃO HOSPITALAR

Novos Cadernos de Processos e Práticas são apresentados ao HU-UFJF

Iniciativa da Rede Ebserh, que busca oferecer soluções e promover melhorias, englobou áreas de Infraestrutura e Patrimônio

Os gestores do Hospital Universitário da Universidade Federal de Juiz de Fora (HU-UFJF/EBSERH) têm à disposição mais uma ferramenta para aprimorar o trabalho desenvolvido na instituição. Trata-se dos novos Cadernos de Processos e Práticas, apresentados à equipe de governança e aos colaboradores da Unidade de Patrimônio e do Setor de Infraestrutura Física (SIF).

A iniciativa da Rede Ebserh busca, por meio de uma atuação conjunta, definir indicadores e pontos de melhoria para os serviços oferecidos à população. “Analisamos diferentes dados e acompanhamos de perto as rotinas da Unidade de Patrimônio e do Setor de Infraestrutura Física. Assim, junto às equipes, pudemos fazer um diagnóstico sobre a situação atual e, principalmente, apontar sugestões de melhorias”, explica a consultora Luisa Bonfá, da empresa EloGroup – contratada pela Ebserh para desenvolver o trabalho.

A consultora salienta, ainda, que a atuação faz parte do processo de melhoria contínua preconizado pela Ebserh. “As ações são pautadas pelo tripé ‘Qualidade assistencial’, ‘Segurança do paciente e do trabalhador’ e ‘Otimização dos recursos’, evidencia.

De acordo com o chefe da Unidade de Patrimônio do HU-UFJF/EBSERH, Rodrigo Gonçalves Ribeiro, a análise desenvolvida ajudará a melhorar o fluxo de trabalho já realizado. “Poderemos agilizar, organizar e difundir melhor nossas atividades”, destaca.

Já segundo o chefe da Divisão de Logística e Infraestrutura Hospitalar (DLIH), André Xandó, a implantação das diretrizes dos novos Cadernos de Processos irá promover a qualificação dos profissionais e o desenvolvimento dos serviços oferecidos pelo HU-UFJF/EBSERH à população. “Dessa forma, podemos estabelecer um alto padrão de funcionamento e atendimento”, pontua.

Resultados práticos

Beneficiados pela implantação de seus Cadernos de Processos em 2017, os Setores de Hotelaria Hospitalar e Engenharia Clínica comemoram os avanços do projeto. “Diminuímos o tempo médio de parada dos equipamentos do hospital. Antes, esse indicador girava entre 30 e 45 dias por ano; hoje, ele foi reduzido para menos de sete. Isso significa maior disponibilidade da estrutura hospitalar e eficiência para o paciente”, comemora o chefe da DLIH.

Xandó acrescenta, ainda, que a implantação da ferramenta otimizou o planejamento das ações e ajudou na redução de custos. “Hoje, atuamos pautados em indicadores de desempenho claros e objetivos, comparáveis entre todos os hospitais da Rede Ebserh. Com isso, tivemos a queda dos gastos em diversas áreas, como lavanderia, limpeza e gestão ambiental”, explica.

Para a Gerente administrativa do HU-UFJF/EBSERH, Ludmilla Rodrigues Costa Gonçalves, os mapeamentos descritos nos Cadernos de Processos viabilizam outros benefícios. "Esse trabalho promove uma mudança de cultura e motiva nossa equipe, o que também é muito importante. Podemos, assim, aumentar a qualidade do atendimento dado aos pacientes, do ensino e da pesquisa", finaliza.

Imagens: