RESIDÊNCIAS MULTIPROFISSIONAL E UNIPROFISSIONAL RESIDÊNCIAS MULTIPROFISSIONAL E UNIPROFISSIONAL

RESIDÊNCIAS MULTIPROFISSIONAL E UNIPROFISSIONAL

APRESENTAÇÃO

Os Programas de Residência Multiprofissional e Uniprofissional em Saúde do HU-UFPI se constituem em cursos de Pós-graduação lato sensu, que se caracteriza pelo treinamento em serviço, instituído pela Lei nº 11.129, de 30/06/2005 e regulamentado pela Portaria Interministerial MEC/MS nº 1.077, de 12/11/2009, e resoluções complementares emanadas da CNRMS/MEC.

 

RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL

PROGRAMAS

COORDENADORES

DURAÇÃO DO PROGRAMA

NUTRIÇÃO

Clélia de Moura Fé Campos

2

FARMÁCIA

Maria das Graças Freire de Medeiros Carvalho

2

ENFERMAGEM

Antônio Francisco Machado Pereira

2

PSICOLOGIA

 

2

FISIOTERAPIA

 

2

 

 

 

 

 

 

 

 

Editais:

http://copese.ufpi.br/subsiteFiles/copesenovo/arquivos/files/Edital20_2015_multi_enfer_farm_nut.pdf

http://copese.ufpi.br/subsiteFiles/copesenovo/arquivos/files/edital_02_2016_fisiopsico.pdf

 

RESIDÊNCIA UNIPROFISSIONAL

A Residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Faciais é um curso de Pós-Graduação Lato Sensu, instituído pela Lei nº 11.129, de 30/06/2005 e regulamentado pela Portaria Interministerial MEC/MS nº 1.077, de 12/11/2009, e resoluções complementares emanadas da CNRMS/MEC. Possui a carga horária de 8.640 horas, com 60 (sessenta) horas semanais e requer dedicação exclusiva, com duração de três anos. O Programa conta com equipe de preceptores vinculados ao Departamento de Odontologia da UFPI e profissionais da EBSERH do Hospital Universitário do Piauí.

 

PROGRAMAS

COORDENADORES

DURAÇÃO DO PROGRAMA

CIRURGIA E TRAUMATOLOGIA BUCO-MAXILO-FACIAIS

Walter Leal de Moura

3

 

 

 

 

Edital: http://copese.ufpi.br/subsiteFiles/copesenovo/arquivos/files/Edital_17_2015_multi_buco_maxilo.pdf

 

COREMU

A COREMU é um órgão deliberativo ligado a Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS) do Ministério da Educação (MEC).

Composição:

I. Um Coordenador e um Vice Coordenador da Residência Multiprofissional em Saúde;

II. Um Coordenador de cada Programa de Residência;

III. Dois representantes das áreas profissionais que participam da residência, escolhidos entre as áreas;

IV. Um representante de tutores ou preceptores por programa;

V. Um representante dos residentes por programa;

VI. Um representante do gestor local do Sistema Único de Saúde;

VII. Um representante das instituições conveniadas.