Notícias Notícias

Voltar

Governo de Sergipe transfere Hospital de Lagarto para a Ebserh

GESTÃO

Governo de Sergipe transfere Hospital de Lagarto para a Ebserh

A Ebserh passa a ser, oficialmente, a gestora do hospital que, desde 2014, já pertence à UFS

O governador em exercício do Estado de Sergipe, Belivaldo Chagas, assinou o contrato de transferência de posse do Hospital Regional de Lagarto para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), nesta quinta-feira, 21, juntamente com o presidente da Ebserh, Kleber Morais, o reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Angelo Antoniolli, e o superintendente do agora Hospital Universitário de Lagarto (HUL-UFS), Valter Santana. A solenidade, que teve lugar no Palácio dos Despachos do governo estadual, foi o retrato positivo da parceria entre Sergipe, a UFS e a Ebserh para a federalização do HUL-UFS.

A transferência do hospital de Lagarto à Ebserh-UFS pauta-se pela inserção e integração dessa unidade na forma de hospital-escola, nos moldes do que já é realidade de excelência e referência no Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), tornando-se, assim, o segundo hospital universitário sergipano na rede do Sistema Único de Saúde (SUS). O contrato de transferência de posse e gestão determina as responsabilidades das partes envolvidas e fixa metas quantitativas e qualitativas na atenção à saúde e em ensino e pesquisa.

Discursos

Na abertura do evento, o secretário de Estado da Saúde, Almeida Lima, celebrou o ato como uma confluência de objetivos. “A Ebserh vai atender uma demanda extremamente importante, principalmente na área do ensino, com o alcance que a UFS tem, no Campus de Lagarto, para os cursos das ciências da saúde”, pontuou o secretário.

“A região de Lagarto está carente e precisa da Ebserh para propulsionar todas as áreas da saúde”, afirmou o reitor da UFS, Angelo Antoniolli. O gestor sustentou, ainda, que o papel da universidade é proporcionar à Ebserh os caminhos necessários a fim de que o complexo de saúde de Lagarto siga a mesma estrada de sucesso do HU-UFS.

O presidente da Ebserh, Kleber Morais, lembrou que a população de Lagarto e vizinhanças precisam, sobremaneira, de assistência médica conjugada com o ensino e a pesquisa. “É muito importante que hospitais-escola se desenvolvam no interior do Brasil, espalhando profissionais e pesquisadores por regiões distantes das capitais”, afirmou. Kleber encerrou o seu discurso garantindo as convocações de todos os candidatos aprovados no certame, dentro do número de vagas, para o HUL-UFS até o final de 2019.

Para o governador em exercício, Belivaldo Chagas, a chegada da Ebserh ao HUL-UFS torna Lagarto um importante polo de saúde em Sergipe. Belivaldo ressaltou o investimento milionário da Ebserh em infraestrutura, na renovação do parque tecnológico e no planejamento para aumentar o número de leitos de 70 para 155. “O ato de hoje fortalece a universidade, oferece gestão com profissionais preparados e prepara o ambiente para a formação de estudantes. É, sem dúvida, a melhor forma de prestar serviço de saúde à população”, destacou o governador.

Bastante satisfeito, o superintendente do HUL-UFS, Valter Santana, classificou a solenidade como parte da conclusão para a federalização do hospital. “O HUL-UFS transformou-se na sua infraestrutura e no melhoramento dos equipamentos médico-hospitalares. A gestão plena da Ebserh faz com que possamos incrementar serviços e melhorar a assistência à saúde da população”, anunciou.

Histórico

Em 3 de novembro de 2014, o governador de Sergipe promulgou a Lei Estadual nº 7.916, que autorizou a transferência do Hospital Regional de Lagarto à UFS. Na primeira etapa, e com a assinatura do contrato entre a Ebserh e a UFS, a federalização passou dois anos sob a gestão compartilhada da Ebserh e da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), iniciando a parceria tripartite (Ebserh-Sergipe-UFS).

Em agosto e setembro de 2017, a Ebserh convocou os primeiros candidatos do concurso público do HUL-UFS, realizado em 2016. Em novembro, nova convocação elevou o número de profissionais contratados para mais de 80. Até o final de 2019, estão previstas mais de 600 convocações entre as áreas médica, assistencial e administrativa.

Atualmente, o Campus da Saúde do HUL-UFS alberga cursos superiores de medicina, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia e terapia ocupacional. No futuro, a estrutura proporcionada pela Ebserh permitirá a implantação de cursos de pós-graduação nas ciências da saúde. O HUL-UFS assegura prestação de serviços de saúde, além de Lagarto, a mais de dez municípios sergipanos das redondezas.

Presenças

Participaram da solenidade o diretor de Atenção à Saúde da Ebserh, Arnaldo Medeiros; o gerente de Atenção à Saúde do HUL-UFS, Manoel Neto; e o gerente de Ensino e Pesquisa do HUL-UFS, Fernando Xavier.

Sobre a Ebserh

Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Ebserh administra atualmente 39 hospitais universitários federais, incluindo o HU-UFS e o HUL-UFS. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Por Luís Fernando Lourenço

Imagens: