Notícias Notícias

Voltar

Marchinhas de carnaval educam e previnem no HU

SAÚDE NO CARNAVAL

Marchinhas de carnaval educam e previnem no HU

A Liga Acadêmica de Sexualidade e IST da UFS lança campanha nesta época de carnaval

Os discentes da Liga Acadêmica de Sexualidade e Infecções Sexualmente Transmissíveis da Universidade Federal de Sergipe (Lasist-UFS), sob a coordenação da professora do Departamento de Enfermagem Lígia Lemos, percorreram as instalações do Hospital Universitário (HU-UFS) nesta sexta-feira, 2, distribuindo dezenas de preservativos como parte de uma campanha para a prevenção das ISTs. A Lasist abordou estudantes, colaboradores, pacientes e acompanhantes.

A campanha tem como tema sete paródias de marchinhas de carnaval elaboradas pela Lasist, adaptadas com informações educativas. “Existem dados epidemiológicos que demonstram que, após festas populares, o número de pessoas com ISTs aumenta. Sempre antes do carnaval e do São João, fazemos campanhas educativas para que as pessoas se conscientizem da importância da prevenção”, explicou Lígia.

Segundo a docente, os centros de referência em Sergipe – incluindo o HU-UFS – detectam de 5 a 6 pessoas por dia infectadas com o vírus HIV. Apesar de o risco ser maior na chamada população concentrada (profissionais do sexo e usuários de drogas), as ISTs acometem cada vez mais as pessoas desinformadas.

A professora explanou, ainda, que a campanha pretende “reforçar que o uso do preservativo deve ser um hábito na relação sexual, independentemente do nível de confiança no parceiro”. Além do HU-UFS, a Lasist percorrerá o campus de São Cristóvão com as marchinhas de carnaval na próxima quinta-feira, 8.

Por Luís Fernando Lourenço

Imagens: