Notícias Notícias

Voltar

HU inicia celebração da Semana Mundial de Aleitamento Materno

AGOSTO DOURADO

HU inicia celebração da Semana Mundial de Aleitamento Materno

A amamentação é comumente afetada pela falta de conhecimento e informação, mitos e crenças.

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), vinculado à Rede Ebserh, iniciou nesta quarta-feira, 8, um ciclo de palestras voltado às mães de pacientes do ambulatório de pediatria, em especial aquelas que amamentam. Trata-se da celebração da Semana Mundial de Aleitamento Materno, um momento importante para tirar dúvidas sobre a amamentação e reforçar a sua importância.

“O aleitamento materno traz benefícios tanto para o bebê como para a mãe”, informa a enfermeira do HU-UFS, Lanna Lucena. Como uma das organizadoras do evento, Lanna explica que os dias escolhidos para promover as rodas de conversa coincidem com aqueles em que o fluxo no ambulatório de pediatria é maior, com objetivo de reunir o máximo de mães possível na discussão sobre o tema.

“Para o bebê, o leite materno é o melhor e mais completo alimento, que lhe proporciona todos os nutrientes e anticorpos para prevenir enfermidades; para a mãe, há evidências científicas que demonstram menor incidência de cânceres de ovário, mama e útero”, pontua a professora do Departamento de Enfermagem da UFS, Aglaé Araújo.

Na conversa com as mães, as enfermeiras Elvira Danielle e Tamires Arantes usaram apresentações de slides e balões de assopro para ilustrar e explicar as principais curiosidades sobre a amamentação. “Esse ato estreita o vínculo entre a mãe e o filho, que é um dos maiores benefícios estudados”, garante Tamires.

Entre os assuntos abordados na roda de conversa, destacaram-se os mitos e as verdades mais comuns. As enfermeiras enfatizaram, por exemplo, que a amamentação deve começar na primeira hora de vida do bebê. “Um mito corriqueiro é aquele que envolve a quantidade de leite relacionada à alimentação da mulher. O que faz a mulher ter menos leite nas mamas é um nível alto de adrenalina no organismo, devendo-se evitar situações de estresse, ansiedade e nervosismo”, ressalta Tamires.

Sobre a semana mundial da amamentação

A semana mundial da amamentação, instaurada oficialmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla inglesa), é atualmente o movimento social mais extenso em defesa da amamentação, celebrado em mais de 120 países, na primeira semana de agosto. A data escolhida coincide com o aniversário da Declaração de Innocenti, assinada pela OMS e pela Unicef em agosto de 1990, sobre a proteção, o fomento e o apoio à amamentação.

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2013, o HU-UFS faz parte da Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Por Luís Fernando Lourenço

Imagens: