Notícias Notícias

Voltar

HU treina colaboradores para combate a princípio de incêndio

CAPACITAÇÃO

HU treina colaboradores para combate a princípio de incêndio

Para a parte prática do curso, que envolve fogo, foi escolhida uma área do hospital sem trânsito de pessoas.

O Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS) está à frente de uma ação que visa treinar colaboradores para combater princípios de incêndios. A iniciativa é da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e da Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho (Sost). Em dois dias, estão sendo treinados 40 funcionários, que recebem orientações teóricas e práticas distribuídas em quatro horas de capacitação.

De acordo com o gerente administrativo do HU-UFS, Edélzio Costa Júnior, esse não é apenas um curso, mas sim um treinamento continuado que instrui pessoas para agir em situações de princípio de incêndio.

“A Governança do HU está dando total apoio a essa iniciativa, pois a segurança do trabalhador faz parte do planejamento da gestão, que, inclusive, está incentivando a formação de uma brigada de incêndio no hospital. A nossa preocupação agora é manter os membros da Cipa, do Sost e os colaboradores treinados para que sejam proativos nesta ação”, afirma Edélzio.

O presidente da Cipa, Ailton Rocha, ressalta que estão sendo transmitidas as informações básicas para que uma pessoa possa tomar as providências necessárias caso ocorra um princípio de incêndio. “Além da parte teórica, que é muito importante, os funcionários estão tendo a oportunidade de aprender a manusear um extintor, a saber que tipo de extintor usar a depender da origem do princípio de incêndio, tudo isso com o reforço da parte prática do treinamento”, destaca Ailton.

Preparação

Já o engenheiro de Segurança do Trabalho Cyrus Rebouças, membro da Sost, aponta a necessidade de mesclar pessoas de diversos setores na capacitação. “Quanto mais colaboradores estiverem preparados, melhor para a nossa segurança, pois eles podem evitar que um princípio de incêndio tome maiores proporções, causando prejuízos materiais e danos às pessoas, como queimaduras e inalação excessiva de fumaça”, pontua o engenheiro.

Um dos participantes do treinamento é o enfermeiro Delmany Moitinho, que atua na Hotelaria do HU como responsável pela Gestão de Resíduos. “É muito importante essa capacitação para que estejamos aptos para agir em ocorrências de princípios de incêndio. Antes do curso, eu não saberia o que fazer caso ocorresse uma situação como essa”, lembra.

Para a parte prática do curso, que envolve fogo, foi escolhida uma área do hospital sem trânsito de pessoas, a fim de garantir a segurança de colaboradores e funcionários.

Por Andreza Azevedo 

Imagens: