Notícias Notícias

Voltar

Comemoração marca os 50 anos da terceira turma de medicina da UFS

VISITA

Comemoração marca os 50 anos da terceira turma de medicina da UFS

A gestão do HU reuniu-se com os ex-alunos no Campus da Saúde.

“Uma comemoração como esta é de grande emoção para mim”. Com essas palavras, a superintendente do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS), Angela Silva, acompanhada de demais gestores do hospital e do reitor da UFS, Angelo Antoniolli, encabeçou a celebração de cinquenta anos de formatura da terceira turma de medicina, que teve lugar no Campus da Saúde, nesta sexta-feira, 30.

A superintendente ressaltou os avanços alcançados na UFS e no HU desde a formatura dessa terceira turma, que passou a ser a primeira após a transformação da faculdade em universidade. “É um orgulho para esta instituição, principalmente porque dessa turma saíram profissionais que ainda atuam de forma importante no ensino e na assistência, como é o caso de Fedro Portugal, que foi o meu professor”, destacou.

Ao ser convidado a homenagear os presentes, Angelo lembrou que muitos dos integrantes dessa turma dedicaram as suas vidas à saúde sergipana e à formação da escola de medicina da UFS. “Hoje estamos comemorando a vida dos nossos amigos dedicados a políticas públicas, que se tornaram grandes profissionais. Isso nos enriquece e dá dignidade à história da universidade”, complementou o reitor.

“Foi aqui que a Faculdade de Medicina conseguiu marcar uma presença importante e, por isso, agradeço a todas as pessoas que contribuíram para a nossa formação. Acredito que isso tem muito valor para nós e para a história da universidade”, avaliou o ex-reitor da UFS, Eduardo Garcia.

O dermatologista Fedro Portugal, também egresso da terceira turma de medicina, comentou sobre o prazer de estar na UFS até hoje. “Fui um dos primeiros a colocar os pés aqui no HU. Impressiono-me ao ver essas mudanças dos últimos anos, além do serviço de qualidade que prestamos”, pontuou. Fedro narrou, com orgulho, o comentário recorrente que recebe de pacientes do ambulatório de dermatologia, que afirmam preferir o HU-UFS aos demais serviços dermatológicos de Sergipe, inclusive os particulares.

O médico Antonio Menezes, que estudou toda a graduação no Hospital de Cirurgia, encantou-se ao fazer a sua primeira visita ao HU-UFS. “Este local é uma joia de Sergipe. Não tinha ideia da dimensão de infraestrutura e qualidade deste hospital-escola”, classificou.

Turma de 1968

Antonio Santana Menezes
Délia Maria Rabelo dos Santos
Fedro Menezes Portugal
José Aguinaldo de S. Fonseca
Margarida Maria de Melo Diniz
Maria Selma de Andrade
Caetano de Almeida Quaranta
Eduardo Antonio Conde Garcia
Ildete Soares Caldas
José Côrtes Rolemberg Filho
Maria Licia de Souza

Por Luís Fernando Lourenço

Imagens: