Notícias Notícias

Voltar

Disfagia é tema de encontro entre profissionais da região

Reunião

Disfagia é tema de encontro entre profissionais da região

Unidades de saúde públicas e particulares enviaram representantes

Aconteceu na manhã da última terça-feira (26), a V Reunião Científica da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital da Universidade Federal do Vale do São Francisco (HU-Univasf). Cerca de 25 profissionais, entre nutricionistas, fonoaudiólogos, psicólogos e terapeutas ocupacionais de unidades de saúde públicas e privadas da região compareceram ao evento realizado no auditório do hospital.

A mesa-redonda, composta pela nutricionista e assessora técnica da Nestlé, Flavia Lima e pela fonoaudióloga e coordenadora do FONIPE do Real Hospital Português, Ana Karina Gurgel, discutiu o tema: “Estratégias para deglutição segura e abordagem nutricional no paciente disfágico”. O conteúdo foi escolhido por conta do perfil assistencial do HU que recebe muitos pacientes com risco de desenvolver disfagia.

“A disfagia tem uma grande prevalência em pacientes internados, principalmente idosos, então é preciso ter esse olhar voltado para os problemas de deglutição. Os prejuízos vão desde a desnutrição, desidratação, broncoaspiração. O fonoaudiólogo é o especialista que determina qual é a consistência adequada e segura dos alimentos que serão ingeridos”, explicou Ana Karina Gurgel.

A nutricionista Flávia Lima contou que abordou em sua palestra, as condutas nutricionais adequadas para o tratamento dos pacientes disfásicos. “ O paciente desnutrido perde músculo e força e não consegue deglutir com segurança. É preciso encontrar maneiras para recuperá-lo através de uma boa dieta e da hidratação”, contou.

As reuniões científicas da Unidade de Nutrição Clínica estão sendo realizadas semestralmente desde o ano de 2017. Anteriormente os eventos eram voltados para os profissionais do HU, mas a organização resolveu estender para outras unidades da região. “ As vagas externas foram abertas com o intuito de aproximar os profissionais da rede a esse tema, já que a continuidade do cuidado desses pacientes acontece em outras instituições da rede assistencial”, afirmou a chefe da unidade Izabelle de Araújo

Mais sobre a Disfagia

Trata-se da sensação de que algo está interferindo na deglutição, podendo ser um bloqueio real da garganta ou um problema com o ato de engolir. Embora seja, normalmente, mais comum em bebês e idosos, a disfagia tem múltiplas causas e pode afetar pessoas de todas as idades.

Pode ser causada por alterações neurológicas como o Acidente Vascular Cerebral (AVC) ou outras doenças neuromusculares e também alterações locais obstrutivas, como as doenças tumorais do esôfago.

Existem tratamentos de reabilitação fonoaudiológica, com a alteração de consistência dos alimentos para evitar a aspiração do conteúdo para o pulmão, chegando até a procedimentos cirúrgicos no caso de doenças neoplásicas do esôfago.

 

 

V Reunião Científica da Unidade de Nutrição Clínica – HU-Univasf