Estrutura assistencial Estrutura assistencial

Institucional - Estrutura Assistencial

Estrutura Assistencial

O Hospital Universitário Ana Bezerra, atualmente, é referência para atendimento obstétrico e pediátrico para região do Trairi. Entretanto, mais recentemente vem atendendo pacientes encaminhados de outras regiões, especialmente Potengi e Seridó.

Para fins de cadastro, hoje a instituição conta com 51 leitos cadastrados, sendo 22 leitos da obstetrícia clínica (alojamento conjunto), dos quais 05 leitos são PPP (pré-parto, parto e puerpério), 06 leitos da obstetrícia cirúrgica (alojamento conjunto), 04 leitos de ginecologia cirúrgica, 02 leitos de Clínica médica, 03 leitos do berçário patológico e 14 leitos de pediatria. Sendo previsto o funcionamento breve da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal com 10 leitos.

Vale salientar, que há uma demanda assistencial na saúde da mulher com relação a mulheres em processo de abortamento e Óbito Fetal Intra-uterino. Essas pacientes são devidamente acompanhadas por todos os profissionais da assistência, principalmente médico, enfermeiro, psicólogo e assistente social, ficando em enfermaria separada, com seu acompanhante, das puérperas com recém-nascidos, por considerar este período de maior sofrimento para a usuária e sua família. 

Levando em consideração sua especificidade materno-infantil e, cada vez mais, o estímulo ao parto humanizado e consequentemente a redução do parto cesáreo, evidenciando ainda a atuação do enfermeiro obstetra e equipe multiprofissional, o modelo do parto normal é culturalmente cada vez mais incorporado à dinâmica da instituição, com iniciativas como o PPP e Casa da Gestante, bebê e puérpera. Nesse contexto, o HUAB configura-se como instituição habilitada e continuamente engajada na melhoria da atenção à saúde da mulher e da criança, com foco na humanização do cuidado e da atenção integral.

Ainda nessa perspectiva, atendendo as potencialidades do hospital e necessidades de ensino da região e estado, o HUAB vem reiterando as possibilidades de configurar-se como centro formador de referência em recursos humanos para assistência obstétrica no estado. Para isso, vem reforçando vínculos com universidades e instituições de ensino, bem como, capacitando seus profissionais na perspectiva de se tornarem multiplicadores em saúde.