Notícias Notícias

Voltar

Seminário do Huab debate sobre os métodos de alívio da dor no trabalho de parto

Alívio da Dor

Seminário do Huab debate sobre os métodos de alívio da dor no trabalho de parto

Repercussões e desafios para a saúde materno infantil

Saúde materno-infantil
Seminário debate sobre os métodos de alívio da dor no trabalho de parto 
Objetivo do evento do Huab-UFRN foi discutir o emprego de métodos de analgesia 

Santa Cruz (RN) – Os métodos de alívio da dor no trabalho de parto foram debatidos nos dias 14 e 15 de dezembro, durante o I Seminário Temático do Hospital Universitário Ana Bezerra, unidade vinculada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e à Rede Ebserh. O objetivo do evento foi discutir os métodos de analgesia empregados durante o trabalho de parto.

Participaram alunos de graduação, residentes e profissionais de saúde. Para a gerente de Ensino e Pesquisa do Huab, Simone Lima, houve muita integração entre plateia e convidados. “Os palestrantes demonstraram muita satisfação em poder compartilhar seus conhecimentos e experiências com uma plateia atenta e participativa”, pontuou. 
O evento contou com diversos profissionais especialistas com longa experiência prática no tema, que atuam no próprio Huab, no Hospital Universitário Onofre Lopes (Huol), no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida, de Campina Grande (PB) e no Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque de Hollanda (RJ).

Sobre a Ebserh
Desde agosto de 2013, o Huab-UFRN faz parte da Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Ebserh administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.
A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.
Com informações do Huab-UFRN

Imagens: