Notícia Notícia

Voltar

Ação solidária beneficia 400 pessoas do DF

Mutirão

Ação solidária beneficia 400 pessoas do DF

Programação incluiu orientações de saúde, atividades lúdicas e entrega de presentes

Gratidão. Essa é a palavra que resume o Natal Solidário do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), realizado na última quinta-feira (20) em três instituições filantrópicas do Distrito Federal. A ação levou presentes, brincadeiras e orientações de saúde para aproximadamente 400 crianças, mulheres e idosos que vivem em situação de vulnerabilidade social.

No Centro Socioeducativo Santo Aníbal Maria, que fica no Guará 2, as crianças passaram por atendimento pediátrico para avaliar o desenvolvimento infantil e aprenderam a forma correta da escovação. “A gente tem que escovar os dentes para eles ficarem fortes e limpos”, disse a Leice Maria Alves, de 7 anos, depois de assistir a um teatro de fantoches sobre o assunto. E quem são os super amigos dos dentes? A resposta foi dada em coro: “a pasta, a escova de dente e o fio dental”, disseram. 

Além do aprendizado em saúde, as crianças participaram de várias brincadeiras e ganharam presentes do Papai e da Mamãe Noel. “Eu amei o meu presente”, disse animada e com sorriso no rosto a Bruna Teixeira, de 8 anos. O Lincoln Smith, de 5 anos, aproveitou as atividades. “Eu gosto de brincar no escorregador”, contou. A instituição atende aproximadamente 300 crianças, de 4 a 12 anos. “É um serviço de convivência e fortalecimento de vínculos no contraturno escolar, com atividades sociais e pedagógicas”, afirmou a responsável-legal do centro, Diane Galdino.

Para os 90 idosos que moram no Lar dos Velhinhos Maria Madalena, o dia foi de festa. “Quem canta os males espanta”, ensinou a Alice Amélia de Paula, de 74 anos. Mesmo na cadeira de rodas, ela dançou e se divertiu. As orientações de saúde focaram nos cuidados com a saúde bucal, incluindo limpeza de próteses dentárias, prevenção de doenças ginecológicas e exercícios físicos apropriados para a idade. 

A casa fica no Núcleo Bandeirante e, assim como o Centro Socioeducativo, acolhe pessoas que passaram por negligência, maus-tratos, violência doméstica, entre outras situações. “É muito importante ter esse contato com a comunidade e as ações sociais, pois tira o idoso do isolamento”, ressaltou o psicólogo do lar, Leonardo Tavares.

Já na Casa Frida, localizada em São Sebastião para acolher mulheres e crianças vítimas de violência, houve distribuição de presentes, atividades de beleza e roda de conversa. “Além de promover a solidariedade entre os profissionais, levamos orientações de promoção da saúde, que contribuem para a melhoria da qualidade de vida”, explicou a chefe da Divisão de Gestão do Cuidado do HUB, Micheline Meiners.

O mutirão envolveu 90 trabalhadores, entre voluntários de áreas administrativas e profissionais da odontologia, ginecologia, terapia ocupacional, educação física, pediatria, enfermagem, fonoaudiologia, serviço social e psicologia. “Conseguimos oferecer muito mais do que apenas presentes. O hospital me proporcionou a oportunidade de realizar um sonho”, relatou emocionada a enfermeira Renata Scamillia, que integrou a comissão organizadora da ação.

A parte lúdica ficou por conta do Laços da Alegria, que levou em torno de 30 integrantes para as atividades. “Só tenho gratidão por poder aprender com essas pessoas e levar um pouco de alegria a elas”, relatou Kelvyn Silva, que faz parte do grupo há um ano. 
 
Sorteio da campanha “Natal Solidário”
A entrega de 400 presentes no Centro Socioeducativo e na Casa Frida só foi possível pela solidariedade dos funcionários, professores, estudantes, residentes e pacientes do HUB, que aderiram à campanha de arrecadação realizada em dezembro. Quem contribuiu participou de um sorteio eletrônico no dia 20/12, pelo site “Sorteando já”. A técnica em enfermagem Ana Maria Batista, da Clínica Cirúrgica, foi a ganhadora da cesta de chocolates. O prêmio será entregue em janeiro, após o retorno dela das férias.

Ebserh Solidária
A iniciativa integra a 3ª edição do Ebserh Solidária, mutirão nacional da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares que contou com atividades nos 40 hospitais universitários federais da rede. A ação beneficiou 3 mil pessoas em todo o país, com a participação de 1,2 mil profissionais. “Esta edição teve o objetivo de cuidar dos dois extremos da vida, as crianças e os idosos que precisam de acolhimento, e as pessoas abraçaram a iniciativa em todos os Estados”, afirmou o presidente da Ebserh, Kleber Morais.  

 

20-12-2018
Assessoria de Comunicação do HUB