Notícia Notícia

Voltar

HUB atente 1,2 mil pacientes em mutirão

Dezembro Laranja

HUB atente 1,2 mil pacientes em mutirão

Atendimento gratuito confirmou 177 casos de câncer de pele, já encaminhados para tratamento

Nem a chuva atrapalhou o atendimento gratuito a moradores do Distrito Federal com suspeita de câncer de pele. O mutirão realizado no dia 2 de dezembro, no Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), dobrou a meta inicial de atender 600 pessoas e realizou 1.232 consultas. A iniciativa fez parte da campanha nacional da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), realizada todo ano no Dezembro Laranja, mês dedicado ao combate e prevenção do câncer de pele.

“Uma campanha como essa reforça a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Mesmo o melanoma, que é o tipo de câncer de pele mais temido, pode ser curado no estágio inicial”, explicou a responsável pelo serviço de dermatologia do HUB e organizadora do mutirão, Izelda Costa.

A ação contou com a participação de 67 médicos voluntários do HUB, da SBD e da Secretaria de Saúde (SES-DF). Foram diagnosticados 177 casos de câncer de pele e esses pacientes já saíram do hospital com a cirurgia para retirada do tumor agendada no próprio HUB ou na unidade de saúde da região onde mora. 

Foi o caso do agricultor Elemar Schreiber. Trabalhador da área rural, está exposto ao sol desde criança e nunca usou protetor solar. “Foi uma ótima oportunidade para descobrir, marcar a cirurgia e me curar. Agora vou usar protetor sempre”, garantiu. Já a pedagoga Elaine Barros saiu aliviada. “Estava com umas manchinhas e vim saber o que era. Agora estou tranquila porque o resultado não deu nada”, comemorou.

Na fila, o motorista Ricardo da Costa aguardava ansioso pela consulta. “Estou com um sinal no nariz, quero confirmar e ver o que é. A preocupação é grande, agora vamos ver o resultado”, afirmou. “Estou com suspeita de câncer de mama, que descobri na campanha do Outubro Rosa, e tenho uma pinta que cresceu e me preocupa”, disse a recepcionista Roselane Magalhães, que também aguardava atendimento.

“A cada campanha conseguimos despertar a população da importância da prevenção do câncer de pele, usando filtro solar com proteção 30 ou mais, chapéus e roupas. A população tem que ficar atenta a qualquer pinta, carocinho, ferida que não cicatriza. E quanto mais claros, mais cuidados tem que ter”, orientou a presidente da SBD no Distrito Federal, Simone Karst. 

Saiba mais
Este ano, a Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele da SBD tem como tema “Se exponha mas não se queime”. O movimento é realizado em todo o país desde 2014 para conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce. Além dos atendimentos, também são transmitidas informações sobre o uso do filtro solar. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), todo ano surgem 176 mil casos de câncer de pele, o de maior incidência no país.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB