Notícias Notícias

Voltar

Embaixada da Austrália visita a nova brinquedoteca do HUB

Apoio

Embaixada da Austrália visita a nova brinquedoteca do HUB

Grupo conheceu instalações do espaço desenvolvido para atender as necessidades de ensino e lazer de crianças internadas

Inaugurada há sete meses, a Brinquedoteca “Renato Russo” do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) recebeu uma visita especial na última segunda-feira (3). Representantes da Embaixada da Austrália foram conferir de perto as instalações do espaço, desenvolvido para atender as necessidades de ensino e lazer das crianças internadas na pediatria do hospital. 

"É um prazer estarmos aqui e conhecermos esse trabalho feito com as crianças para que elas tenham uma estadia mais agradável", disse a coordenadora do Programa de Ajuda Direta da Embaixada, Viviane Franco. O programa, que financia projetos sociais e tem mais de 60 postos espalhados pelo mundo, ajudou a custear parte do material usado na reforma da brinquedoteca, realizada no final de 2016. 

O responsável pela busca desse apoio foi a Organização Não-governamental (ONG) Amigos da Vida, que liderou o projeto de criação do novo espaço. "O mais importante de tudo isso é trazer alegria curativa e diminuir o tempo de internação", afirmou o presidente da associação, Christiano Augusto Souza Ramos. A brinquedoteca do HUB foi a 10ª inaugurada pela ONG. 

"É muito importante para as crianças ter um lugar para brincar. A gente vê que faz a diferença", declarou a diplomata da embaixada, Abigail Ogada-Osir. A pequena Gaia Lopes da Cunha, de 3 anos, é prova desse benefício. Entretida com os brinquedos, nem parecia estar doente. "Gosto do boneco de monstro", contou. A mãe, Jéssica de Sousa Lopes, gostou do ambiente. "A Gaia teve que ser internada por conta de uma amigdalite e aqui é muito bom, porque ela não fica tão irritada", avaliou. 

Mas não são apenas os pacientes e familiares que notam as melhorias nas crianças. "Estamos muito satisfeitos com esse trabalho. Agradecemos de coração", relatou a enfermeira supervisora da pediatria, Maria do Socorro Xavier Félix. "Há uma mudança diária no comportamento das crianças frente à hospitalização. Este é um espaço pedagógico-educacional muito rico em recursos", completou a pedagoga Bianca A. C. Salim Teixeira. 

Para a superintendente do HUB em exercício, Maria Inês Toledo, as parcerias, como a que gerou a brinquedoteca, são fundamentais para complementar o esforço já realizado pelo HUB. "Nosso trabalho não é feito sem a comunidade e a ONG é uma facilitadora entre os apoiadores e o hospital. Nossa intenção é ampliar essa participação social dentro do hospital", afirmou.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB