Notícias Notícias

Voltar

HUB recebe visita do secretário de saúde do Distrito Federal

Parceria

HUB recebe visita do secretário de saúde do Distrito Federal

Humberto Fonseca conhece instalações da instituição após assinatura de novo contrato

O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) recebeu nesta sexta-feira (10) a visita do secretário de saúde do Distrito Federal, Humberto Fonseca. Ele veio visitar as instalações do hospital que, após a assinatura de um novo contrato no dia 19 de janeiro, faz parte da rede pública de saúde do DF.

“Essa parceria concretiza a política da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares de inserção dos hospitais de ensino na rede para garantir saúde de qualidade à população e fortalecer o ensino”, explica a superintendente do HUB, Elza Noronha. “Acreditamos que o HUB terá condições de entregar mais serviços à população. Tudo passa a ser regulado pela secretaria e com isso podemos entregar com mais igualdade esse serviço para a população”, completa o secretário Humberto Fonseca.
 
O secretário de saúde visitou os setores de oncologia, pacientes críticos, hemodinâmica, centro cirúrgico, UTI adulto, maternidade, UTI neonatal e emergência da ginecologia e obstetrícia. Representantes da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), da Universidade de Brasília (Unb) e das faculdades de Medicina, Ciências da Saúde e Ceilândia acompanharam a visita.

“Essa aproximação é fundamental e necessária. O contrato prevê a orçamentação global, que praticamente não existe no SUS, e isso pode ser reproduzido não só na rede Ebserh, mas quem sabe até no âmbito do próprio SUS”, afirma o chefe de Serviço de Contratualização Hospitalar da Ebserh, Fábio Landim. “O HUB é um hospital escola e esse contrato vai beneficiar toda a sociedade do DF”, complementa Luiz Antônio Pasquetti, representante da reitoria da UnB.

Entenda a contratualização
O novo contrato entre o HUB e a Secretaria de Saúde (SES-DF) foi assinado no dia 19 de janeiro. O documento prevê o repasse de R$ 4,1 milhões por mês ao HUB, valor que pode chegar a R$ 5 milhões, dependendo do volume de atendimentos. Por ser um hospital universitário, todas as atividades de ensino e pesquisa também serão realizadas em conjunto com a rede pública de saúde do DF.

O novo contrato prevê atendimento prioritário à população da Região Leste de Saúde, que inclui São Sebastião, Paranoá e Itapuã. De acordo com a demanda e a capacidade do hospital, a instituição também ofertará serviços a todo o Distrito Federal. O HUB terá, ainda, que cumprir metas relacionadas ao número de exames, consultas e procedimentos cirúrgicos e à taxa de ocupação de leitos. 

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB