Notícias Notícias

Voltar

Banco de Leite recebe certificado padrão ouro

Reconhecimento

Banco de Leite recebe certificado padrão ouro

Critérios exigidos para certificação são definidos pela Fiocruz e pelo Ministério da Saúde

O Núcleo de Aleitamento Materno do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), mais conhecido como Banco de Leite, recebeu, nesta quinta-feira (16), o certificado Padrão Ouro da Rede Global de Bancos de Leite Humano, coordenada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pelo Ministério da Saúde. A cerimônia de entrega do certificado foi no Palácio do Buriti, em Brasília.

Para receber a certificação, o Banco de Leite passou por uma avaliação de qualidade que envolve o treinamento da equipe, os equipamentos, o serviço executado e outros aspectos. São atribuídas notas a cada uma das especificações para atestar o grau de qualidade. Além do HUB, os outros 13 bancos de leite do Distrito Federal receberam a certificação, 12 com Padrão Ouro e um com Padrão Bronze.

“É um reconhecimento do nosso trabalho, uma motivação para a equipe e a certeza de que oferecemos um produto de qualidade dentro das normas exigidas. O Distrito Federal é exemplo para todo o Brasil, é um orgulho fazer parte desse time”, afirma a chefe do Núcleo de Aleitamento Materno do HUB, Rita de Fatima Pinto.

O nutricionista do Banco de Leite, Carlos Henrique Andrade, lembra que, além de garantir o estoque de leite, o serviço tem um objetivo ainda maior. “O mais importante é incentivar e promover o aleitamento materno, por isso oferecemos também orientações às mães”, explica ele.

Também estavam presentes na cerimônia de entrega do certificado a superintendente do HUB, Elza Noronha, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, o secretário de saúde, Humberto Fonseca, a colaboradora do governo de Brasília, Márcia Rollemberg, e a coordenadora dos Bancos de Leite, Miriam Santos.

“É um trabalho em equipe, precisamos de todos os profissionais e das doadoras para garantir o padrão ouro e ter leite suficiente para encaminhar aos prematuros”, garante a enfermeira do Banco de Leite Tatiana Maciel. “Saber que o Distrito Federal é o maior captador de leite humano do país e que conseguimos manter os bebês da UTI com esse leite é muito gratificante”, completa a enfermeira Kelly Bonan.

A certificação é anual e está na quinta edição. As inscrições para o certificado de 2016 foram realizadas em abril do ano passado e o resultado saiu no segundo semestre do ano. Os critérios para comprovar a excelência dos centros e regulamentar o funcionamento estão na resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), RDC-171, de 4 de setembro de 2006.

Conheça o Banco de Leite do HUB
O Banco de Leite do HUB conta com sala de coleta. A unidade oferece orientações para as mães com dificuldade de amamentar ou extrair o leite, que é a retirada do leite para uso posterior ou doação. O serviço é oferecido de segunda a sexta-feira, de 7h às 12h e de 13h às 18h, para toda a população.

Todo mês, o HUB pasteuriza cerca de 30 litros de leite humano, doados por aproximadamente 30 mulheres. Alimento para 15 bebês, em média, a maioria da UTI Neonatal do hospital.

Para doação, o leite deve ser armazenado em frasco de vidro com tampa de plástico esterilizado, congelado por até dez dias e encaminhado para um banco de leite. O HUB oferece um kit para doação e recolhe o leite na casa da doadora em qualquer local do Distrito Federal. Após pasteurização, o produto recolhido é distribuído na UTI neonatal do hospital.

Para informações e coleta do leite, ligue para 2028-5585 ou 2028-5391.

Imagens:

Assessoria de Comunicação do HUB