Notícias Notícias

Voltar

Profissionais concluem curso do Sírio Libanês sobre pacientes críticos

Capacitação

Profissionais concluem curso do Sírio Libanês sobre pacientes críticos

HUB é uma das três instituições do país a sediar especialização com 110 vagas

Foram dez meses de muito aprendizado sobre o atendimento a pacientes críticos. De fevereiro a novembro, 110 profissionais de 11 hospitais do país participaram da primeira Especialização na Atenção ao Paciente Crítico do Hospital Sírio Libanês (HSL), em parceria com o Ministério da Saúde e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). O Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB) foi uma das três instituições a sediar o curso, que também ocorreu em São Paulo e Recife.

O encerramento da capacitação foi nesta quinta-feira (16), com a apresentação dos projetos aplicativos elaborados durante o curso. “Hoje é o grande começo, quando pegam tudo que prepararam ao longo desses dez meses, olhando para os seus hospitais, para o que precisa ser melhorado, e começam a colocar em prática”, explica o gestor de sede de Brasília do Hospital Sírio Libanês, Fernando Arruda.

Em Brasília, 40 profissionais participaram do curso, sendo 15 do HUB. Os demais são dos Hospitais de Ceilândia, Santa Maria e das Clínicas de Goiânia. Ao todo, foram dez módulos, realizados em encontros mensais de três dias. Os profissionais de cada hospital prepararam um projeto, de acordo com a realidade da instituição.

“O curso trouxe uma outra visão de assistência, cuidado ao paciente e ensino”, conta a enfermeira da Unidade de Pronto Socorro do HUB Maísa Rodrigues. “Foi engrandecedor, aprendemos muito sobre humanização, gestão e trabalho em equipe”, acrescenta a enfermeira do Hospital da Ceilândia Nayara Lisboa. “Vamos dar continuidade ao projeto aplicativo no nosso hospital”, conclui a médica do Pronto Socorro do Hospital de Santa Maria Anny Caroliny Lima.

Assessoria de Comunicação do HUB