Notícias Notícias

Voltar

Assembleia faz sessão em homenagem ao cinquentenário

Comemoração

Assembleia faz sessão em homenagem ao cinquentenário

Marcada pela emoção, a solenidade deixou o hospital gravado nos registros históricos do parlamento capixaba

O Plenário Dirceu Cardoso, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) ficou cheio para prestigiar a sessão solene em homenagem ao primeiro cinquentenário do Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes), nesta segunda-feira (11/12).
 
Parte das comemorações pelos 50 anos da instituição, a solenidade foi uma iniciativa do deputado estadual Padre Honório. Marcada pela emoção, a sessão deixou o hospital gravado nos registros históricos do parlamento capixaba. 
 
Professor aposentado da Universidade Federal do Espírito Santo, o médico Fausto Edmudo Lima Pereira foi à tribuna contar a rica história sobre os bastidores da fundação do hospital universitário. O reitor da Ufes, Reinaldo Centoducatte, a enfermeira Leila Massaroni e o superintendente do Hucam, Luiz Alberto Sobral Vieira Júnior também discursaram na cerimônia, que foi transmitida ao vivo na TV Ales. 
 
Ao final personagens que contribuíram para o desenvolvimento do Hucam receberam uma honraria em forma de diploma da Assembleia: Dr. Benito Zanandrea, Dr. Olivio Louro Costa, Dr. Jayme dos Santos Neves, Rosa Maria Costa Rêgo Paranhos (Todos In Memorian), Dra. Sirley Souza Drumond Louro  Dr. Luiz Alberto Sobral Vieira Junior (Superintendente), Sr. Reinaldo Centoducatte (Reitor da Ufes), Dr. Fausto Edmundo e a enfermeira Leila Massaroni.
 
 
História
O prédio original do Hucam foi fundado na década de 40 como um sanatório para atender a um problema de saúde específico da população do Espírito Santo, a tuberculose. O hospital, na época, denominado como Sanatório Getúlio Vargas emergiu como parte da assistência asilar para dar conta das políticas pública de saúde do Estado vinculada, num primeiro momento, ao Governo Federal e ao Governo do Estado. Com o surgimento de novas tendências terapêuticas para o tratamento dos pacientes com tuberculose, onde a internação não mais se fazia necessária, o Sanatório transformou-se em Hospital das Clínicas (HC), criado em 20 de dezembro de 1967 por meio de um acordo entre a Universidade Federal do Espírito Santo e o governo do Estado que cedeu área até então destinada ao Sanatório Getúlio Vargas.
 
Nascia então o Hospital das Clínicas da Ufes, um sonho acalentado por professores e estudantes do curso de medicina da Instituição. Ao longo de sua história, o Hucam transformou-se no referencial para o ensino e pesquisa em ciência da Saúde, destacando-se também pela qualidade da assistência oferecida à população do Espírito Santo. Em 1976, foi instalado o curso de Enfermagem da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES que passou a utilizá-lo também, como campo de aprendizagem prática para seus estudantes.
 
Em 1981, com a morte de Dr. Cassiano Antônio Moraes, grande humanista que serviu ao hospital, a instituição foi denominada “Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes”.