Notícias Notícias

Voltar

Projeto Medida HUJB busca melhoria na qualidade vida de seus colaboradores

Vida saudável

Projeto Medida HUJB busca melhoria na qualidade vida de seus colaboradores

As atividades foram apresentadas por meio de desafios semanais enviados para um grupo de WhatsApp

Cajazeiras (PB) – Implementado pelo Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB-UFCG), vinculado à Rede Ebserh, o Projeto “Medida HUJB”, idealizado pela DivGP em parceria com o Serviço de Nutrição e Dietética, tem como objetivo a promoção de hábitos de vida mais saudáveis, incluindo alimentação adequada e prática de atividade física. As atividades foram apresentadas por meio de desafios semanais enviados para um grupo de WhatsApp que incluíram: consumo de água, prática de atividade física, aumento na ingestão de frutas, verduras e legumes, dentre outras.

“O Medida HUJB foi bastante inovador no sentido de utilizar uma ferramenta tão atual, dinâmica e interativa para promover saúde e qualidade de vida aos colaboradores, propagando conhecimento, estreitando vínculos e integrando os mais diversos setores do hospital, além de servir para propor novos hábitos de vida e tomada de consciência. O grupo do WhatsApp permitiu a sociabilidade saudável, ou seja, as equipes, à medida que iam se engajando, compartilhavam informações importantes e estimulavam uns aos outros a cumprirem os desafios”, avaliou a superintendente do HUJB, Maria Mônica Paulino.

O projeto iniciou com a inscrição dos colaboradores interessados, que preencheram uma ficha com dados sobre hábitos de vida, parâmetros dietéticos e presença de DCNT. Posteriormente, foi feita avaliação nutricional de todos os participantes, identificando que: 68% e 57% não consumiam hortaliças e frutas na sua rotina diária, respectivamente; 52 % não praticavam atividade física regular; 52% foram identificados com sobrepeso ou obesidade; e 48% com risco de complicações metabólicas associadas ao excesso de peso.

Os participantes foram divididos em dois grupos, para criar um clima de competição saudável e descontração. Ao final de todos os desafios, foram somados os pontos de cada grupo, e aquele com maior pontuação foi considerado o vencedor do “Medida HUJB”.

Resultados positivos

De forma simbólica, e em cerimônia promovida no próprio hospital com a presença de colaboradores, gestores e idealizadores do projeto, foram distribuídas medalhas a todos os participantes do grupo considerado campeão. Além disso, foram elegidas três pessoas que se destacaram na competição: uma por apresentar maior percentual de perda de medidas (peso, circunferência da cintura e IMC); outra escolhida pelo próprio grupo como integrante mais proativo durante a duração do projeto; e uma última por ter escrito o depoimento mais emocionante.  

Foram identificadas evoluções significativas no estado nutricional de alguns participantes. A colaboradora Joana Sousa teve maior destaque com a redução de quatro quilos em aproximadamente 60 dias, 6 cm de circunferência da cintura e redução do IMC de 27,2 kg/m² para 25,5 kg/m². Além dessa participante, a segunda colocada, Hamylla Haianny, perdeu 3,6 kg e 5,7 cm de circunferência da cintura.

“Todos nós agradecemos ao Medida HUJB pela motivação para sairmos da zona de conforto, pela preocupação em nos trazer uma proposta de melhoria de vida. Uma atividade interativa em que todo mundo se sentiu responsável pelo esforço do colega”, relatou Lucas Nobre, participante do projeto.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUJB-UFCG é filiado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Criada em dezembro de 2011, a empresa também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações do HUJB