Notícias Notícias

Voltar

Novos serviços contam com equipamentos de alta tecnologia

AVANÇO

Novos serviços contam com equipamentos de alta tecnologia

Profissionais passam por treinamentos para o manuseio dos aparelhos

Setores do Hospital Universitário Júlio Bandeira da Universidade Federal de Campina Grande, vinculado à Rede Ebserh, como é o caso do Centro Cirúrgico, já contam com equipamentos para começar a funcionar. São aparelhos de última geração e que, com a chegada dos novos empregados públicos da área assistencial, começam a ser manuseados. Para capacitar esses profissionais, o HUJB está realizando uma série de cursos.

Um deles é o de ventilação mecânica, ministrado durante todo o mês de agosto e que visa a oferecer noções básicas de manejo do ventilador, equipamento que substitui a respiração do paciente e pode salvar vidas. De acordo com o médico anestesiologista Hermes Melo, os aparelhos adquiridos pelo HUJB são de altíssima qualidade, com tecnologia avançada e disponíveis em poucas unidades de saúde da Paraíba, inclusive do interior dos estados vizinhos.

“Todos os equipamentos são extremamente modernos. A medicina avança muito, cada equipamento vem com um dispositivo novo, como é o caso do desfibrilador que tem o modo de marca passo, uma inovação. Os de anestesia são top de linha, nunca vi esse padrão nas cidades do interior do Nordeste pelas quais passei. No interior do Ceará, eu tenho certeza que não tem”, afirmou Hermes.

De acordo com a chefe do setor de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT), Eliane Leite, o treinamento terá duração de 40 horas e vai contemplar não apenas os profissionais da assistência que atuam no Centro Cirúrgico, mas também de outros ambientes como é o caso da emergência do hospital. O curso é uma iniciativa do setor e, nesta etapa, está sendo ministrado para enfermeiros, fisioterapeutas e técnicos de enfermagem.

A ventilação mecânica é um método de substituição de uma função vital, a respiração. Por meio de um aparelho, a ventilação assiste o paciente que não consegue ou não pode respirar apropriadamente, sendo muito usada durante anestesias, ressuscitação cardiovascular, entre outros. Existem dois tipos: invasiva e não invasiva, caracterizadas pela forma com que o paciente é conectado ao aparelho, por tubo na traqueia ou por máscara, respectivamente.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUJB-UFCG é filiado à Rede Ebserh, instituição vinculada ao Ministério da Educação (MEC) que administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

 

Jacqueline Santos - Jornalista HUJB-UFCG/Ebserh

Imagens: