Notícias Notícias

Voltar

Ministro da Educação inaugura obras no HUOL

INVESTIMENTOS

Ministro da Educação inaugura obras no HUOL

Bloco Cirúrgico Ambulatorial e Central de Misturas Intravenosas contaram com R$ 1,5 milhões

Neste sábado 30, o ministro da Educação, Rossieli Soares, inaugurou as obras do Bloco Cirúrgico Ambulatorial e da Central de Misturas Intravenosas (CMI) do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), cujos investimentos somam R$ 1,5 milhões. O presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Kleber Morais; a reitora da UFRN, Ângela Paiva; o supérintendente do HUOL, Stenio da Silveira; e o senador José Agripino, representando a bancada potiguar, participaram da entrega oficial dos novos equipamentos.

Para o ministro da Educação, "a implementação das cirurgias ambulatoriais contribuirá para a redução do uso de leitos hospitalares, deixando-os livres para atendimentos de pacientes que exigem cuidados mais complexos, além de impactar na redução das filas de alguns tipos de cirurgias". Rossieli Soares explicou ainda que "as novas estruturas também propiciam a ampliação das práticas de formação em saúde do Hospital Universaitário."

O Bloco Cirúrgico Ambulatorial soma investimentos de R$ 710 mil em equipamentos e R$ 180 mil em estrutura, enquanto a Central de Misturas Intravenosas (CMI) soma R$ 79 mil em equipamentos e R$ 540 mil em estrutura.

De acordo com o presidente da Ebserh, Kleber Morais, "a CMI do HUOL será a mais moderna do Estado, atendendo normas de máxima pureza, com sistemas especiais de climatização e de barreias anti-contaminação, que garantem a segurança do ambiente onde serão manipulados medicamentos quimioterápicos, para tratamento de pacientes oncológicos, e das dietas hospitalares personalizadas", destacou o gestor.

Na ocasião, a estatal garantiu a contratação de pessoal para os dois novos projetos.

 

Sobre a Ebserh

Desde agosto de 2013, o HUOL-UFRN é vinculado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Imagens:

Por Cassiano da Cunha