Notícias Notícias

Voltar

AVASUS oferece curso gratuito de Suporte Básico de Vida

CAPACITAÇÃO

AVASUS oferece curso gratuito de Suporte Básico de Vida

A qualificação atende ao protocolo da American Heart Association

O AVASUS (Ambiente Virtual de Aprendizagem do SUS) abriu no último dia 23 de maio as inscrições para o curso "Suporte Básico de Vida", desenvolvido pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde - LAIS da UFRN. A atividade visa dar suporte ao atendimento de primeiros socorros e é oferecida gratuitamente pela internet.

De acordo Isabel Costa, coordenadora do Núcleo de educação permanente do SAMU e enfermeira do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL/UFRN) e conteudista do curso, o foco deste módulo de extensão é capacitar profissionais e acadêmicos da área da saúde, com base nos protocolos estabelecidos para suporte básico de vida. "É importante poder disseminar esses conhecimentos, sobretudo dos novos protocolos de suporte desenvolvidos com base nos últimos avanços científicos. O foco é ofertar a pessoas que não tem a possibilidade de fazer uma capacitação presencial o mesmo conhecimento de quem está em uma sala de aula", afirma. A atividade também é aberta à população em geral.

A qualificação é oferecida sob a forma de educação a distância, autoinstrucional, sendo mediado por material didático e por atividades de correção automatizada com feedback aos participantes. O material didático é composto por PDFs interativos, vídeos, animações, ilustrações e infográficos. A avaliação é contínua, realizada por meio de questionários pré e pós-teste, atividades autoavaliativas e desempenho em jogo simulado ao final do módulo.

O programa é dividido em quatro unidades, onde serão trabalhados desde conteúdos voltados para a história do suporte básico de saúde, até o uso de tecnologias que auxiliam o profissional da saúde no atendimento emergencial.

O curso Suporte Básico a Vida está direcionado as ações de suporte básico de vida recomendadas pelo American Heart Association no atendimento às vítimas de parada cardiorrespiratória (PCR), parada respiratória (PR) e obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho (OVACE).

"Há estudos que indicam que quando o profissional de saúde é bem capacitado, a possibilidade de salvar uma vida em um atendimento sobe cerca de 30%. Desta forma, o público alvo deste curso são aqueles profissionais que vivem em localidades distantes, ou mesmo os que não tempo ou condições financeiras de pagar por este tipo de treinamento", diz Isabel.

Idealizado pelo LAIS/HUOL, o curso conta com a colaboração da Secretaria de Educação à Distância da UFRN (SEDIS), SAMU, Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e Ministério da Saúde. Para ter acesso ao AVASUS, acesse: www.avasus.ufrn.br