Notícias Notícias

Voltar

Laboratório de Inovação do HUOL firma cooperação com universidade da França

PARCERIA INTERNACIONAL

Laboratório de Inovação do HUOL firma cooperação com universidade da França

UFRN é primeira das Américas a firmar acordo com Université de Lorraine

No início deste mês, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), assinou termo de cooperação entre a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e a Université de Lorraine, na França. A instituição potiguar é a primeira parceira da Lorraine nas Américas.

A comitiva liderada pelo prof. Ricardo Valentim foi recepcionada no Laboratoire Lorrain de Recherche en Informatique et sus Applications (Loria). De acordo com o pesquisador brasileiro, “o transito entre pesquisadores dos dois países vai permitir solucionar problemas na área de sistemas inteligentes, processamento de dados e ciência da informação, com grande volume de dados na área da saúde”, explicou.

Para o vice-presidente de estratégia europeia e internacional da Lorraine, Karl Tombre, "os laboratórios Lais e Loria têm times bem-sucedidos e, juntos, poderão enfrentar diferentes desafios na Saúde Pública”, destacou.

 

Alinhamento com portugueses

Os pesquisadores do LAIS também estiveram na Universidade de Coimbra, na Universidade Aberta de Portugal, no Instituto Politécnico de Leiria e na Universidade Nova de Lisboa, alinhando projetos que podem se desdobrar em novos acordos de cooperação internacional.

 

Sobre a Ebserh

Desde agosto de 2013, o Huol-UFRN é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Vídeo: