Memorial HU Memorial HU

Sobre - Memorial

Idealização

Idealizado pelo então Diretor-geral do HUPAA, Paulo Teixeira,  em 2007 e inaugurado em 2011, o Memorial HU é um espaço adequado e acessível, que tem como missão classificar, conservar e expor peças de valor científico, histórico e cultural, permitindo à instituição a exposição permanente de seu patrimônio histórico e simbólico (material médico hospitalar, fotos, recortes de revistas, vídeos e documentários, entre outros), contribuindo na propagação da cultura e educação para os alagoanos e a transmissão do conhecimento através de pesquisa histórica.

Foi inaugurado e entregue à sociedade Alagoana em 27/01/2011, dando continuidade às comemorações do cinquentenário da Universidade Federal de Alagoas, o Memorial HU, um espaço que resgata a história da Medicina, do Hospital e relembra fatos marcantes do avanço da saúde no mundo através de uma retrospectiva. Sendo assim, o HUPAA torna-se pioneiro nesta nova perspectiva sobre musealizar os fatos históricos.

A Estrutura

A estrutura do Memorial HU conta com painel vertical expondo fatos relevantes no avanço da medicina mundial desde meados do século XX ao início do século XXI e um painel da linha do tempo percorrendo alguns dos avanços acontecidos no Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes durante sua existência. O espaço conta também com maquete da atual estrutura do hospital e sala de projeção de vídeos com acomodação para 20 pessoas sentadas; espaço interativo com 03 computadores com telas sensíveis ao toque, onde é possível interagir rapidamente com vídeos sobre o corpo humano.

Com uma estrutura moderna e ampla, o Memorial HU torna-se um espaço multieventos mais vivo e prático, pois está disponível para pequenas palestras, treinamentos, estudos em grupo, cursos, publicações de livros/trabalhos e apresentações entre outros eventos histórico-culturais. Cada detalhe foi arquitetado para fugir da visão nostálgica de museu e apresentar um ambiente dinâmico que prenda a atenção de todos os visitantes. Telas sensíveis ao toque, projeção especial de iluminação e modernidade na forma de expor todo o material misturam o tecnológico e o dinâmico.

O acervo

O acervo se constitui como um equipamento vivo capaz de mobilizar o público interno e externo a visitar um ambiente de aprendizagem, que traz em sua exposição fatores evidentes como a modernidade e interatividade.

Para contar a história do HU desde o princípio, um espaço da sala é dedicado aos materiais médicos utilizados pelos profissionais da área de saúde durante a estadia do Navio-Hospital SS HOPE em Maceió, que impulsionou o início das atividades no hospital em 1973.