Notícias Notícias

Voltar

Inaugurada brinquedoteca em hospital universitário de Maceió (AL)

Bem-estar

Inaugurada brinquedoteca em hospital universitário de Maceió (AL)

Espaço propicia a humanização do serviço e modifica a imagem do ambiente hospitalar

Maceió (AL) - Para comemorar um ano de atividades do Projeto de Extensão em Ludoterapia para aliviar angústias dos pacientes, o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes da Universidade Federal de Alagoas (Hupaa-Ufal) inaugurou oficialmente, na última quinta-feira, 31, uma brinquedoteca batizada de Teca (Território Encantado da Criança e do Adolescente). O Huppa é filiado à Empresa Brasileira de Serviços hospitalares (Ebserh).

A Ludoterapia é um tipo de tratamento que se vale de jogos e divertimentos, até mesmo de competições esportivas. Nesse contexto, o espaço não só minimiza o impacto da hospitalização e adoecimento de pacientes e seus familiares.

Utilizando como símbolo uma árvore cuja a copa é um quebra-cabeças, a Teca é fruto da mobilização dos profissionais da clínica pediátrica que arrecadaram brinquedos em campanhas de doação e empenharam-se coletivamente para a conquista de um espaço que abrigasse a proposta. Propicia a humanização do serviço, estimula o desenvolvimento infantil através do ato de brincar, reduz o tempo de internação e modifica a imagem do ambiente hospitalar.

A rotina de atividades é coordenada pelos profissionais de terapia ocupacional, psicologia e inclui a equipe técnica da pediatria e acadêmicos dos cursos de psicologia e enfermagem da Ufal. A superintendente do Hupaa, Regina Maria Dos Santos, prestigiou o evento e, na ocasião, ressaltou a importância de institucionalização da brinquedoteca. 

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2014, o Hupaa-Ufal é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações do Hupaa-Ufal