Hospital Universitário Prof. Alberto Antunes - HUPAA-UFAL

Universidade Federal de Alagoas - UFAL

Publicações Publicações

Outras Publicações Outras Publicações

Publicação da Residência Multiprofissional

 

Autor

Lima, Patrícia Costa

Título

O ser enfermeiro de uma central de quimioterapia frente à morte do paciente oncológico

Autor(es)

Lima, Patrícia Costa; Comassetto, Isabel; Faro, Ana Cristina Mancussi e; Magalhães, Ana Paula Nogueira; Monteiro, Vera Grácia Neuman; Silva, Paulo Sérgio Gomes da

Resumo/Abstract

Este estudo teve como objetivo, compreender o fenômeno experienciado pelos enfermeiros que trabalham em uma central de quimioterapia, frente à possibilidade de morte do paciente deste serviço. Optou-se pela metodologia qualitativa fenomenológica e, para fundamentar a análise, o referencial filosófico de Martin Heidegger. Participaram oito enfermeiras, que trabalham na Central de Quimioterapia de um hospital universitário. As entrevistas foram realizadas nos meses de janeiro e fevereiro de 2012. Foram reveladas quatro categorias: Experienciando a morte como ciclo natural da vida; Experienciando a impotência diante da morte do outro; Experienciando a morte com ajuda da fé e Experienciando a empatia frente à possibilidade de morte do paciente. O fenômeno apresenta-se permeado de dor e inconformidade, por perceberem-se impotentes diante da finitude da vida, necessitando de preparo pessoal e apoio profissional para o convívio com a morte.

 

Palavras-chave/Key words

Enfermagem Oncológica. Morte. Pesquisa qualitativa.

Data da Publicação

2014

Referência

Lima PC, Comassetto I, Faro ACM, Magalhães APN, Monteiro VGN, Silva PSG. O ser enfermeiro de uma central de quimioterapia frente à morte do paciente oncológico. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. (Online). 2014;18(3):503-9.

URI

http://www.scielo.br/pdf/ean/v18n3/en_1414-8145-ean-18-03-0503.pdf