Notícias Notícias

Voltar

Campanha arrecadou e distribuiu mais de 500 brinquedos e livros infantis

dia da criança

Campanha arrecadou e distribuiu mais de 500 brinquedos e livros infantis

Carrinhos, bonecas, jogos, brinquedos educativos e livros de história. Durante os 15 dias da campanha Toda Criança tem direito de ler e brincar – promovida pela Unidade de Comunicação e pelo Setor de Controle de Infecção Hospitalar do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) – foram arrecadados mais de 500 brinquedos e livros infantis.

As doações chegaram pelas mãos de servidores e da comunidade, que mantinham cheia a prateleira colocada no hall de entrada do HUSM. Enquanto isso, todos os dias, voluntários se revezavam na tarefa de higienização dos brinquedos. Muitos – batizados internamente de babás de brinquedos - levaram bichos de pelúcia e roupinhas de boneca para lavar em casa. As que chegavam sem roupa, ganharam modelitos novos, feitos pela equipe de costureiras do hospital.

- Todo trabalho vale a pena para ver as crianças felizes – afirmou Daniela de Bona, recepcionista da Superintendência, “Cabeleireira de boneca” especialista em desembaraçar cabelo.

Daniela e outras colaboradoras dedicaram meias hora de sua carga horária durante toda campanha para ajudar a limpar os brinquedos, organizar e embalar as doações.

Até a superintendente do hospital Universitário, Elaine Resener, aderiu à campanha. Não raras vezes, era possível ver bichos de pelúcia e bonecas secando no varal da casa da médica, que também se arriscou nos cortes e penteados de cabelo. Enquanto isso outras voluntárias arrecadavam contribuições entre os colegas para comprar as embalagens.

Todas as unidades de internação infantil do hospital enviaram suas listas com a quantidade de crianças atendidas, o sexo e a idade. Na manhã de quarta-feira, 11 de outubro,  – véspera do Dia da criança – os brinquedos foram distribuídos. As brinquedotecas da Pediatria e do Centro de Tratamento de Crianças com câncer (CTCriac) e a unidade de Quimioterapia Pediátrica foram contempladas com acervo de brinquedos.

- É muito importante, porque as crianças acabam permanecendo muito tempo durante as infusões de quimioterapia. Muitos não trazem brinquedos de casa e permanecem de seis a sete horas sem ter uma distração. Esse momento lúdico vai fazer o tempo passar mais rápido e não seja tão pesado – afirma a enfermeira Lucélia Gindre ao informar que o HUSM faz cerca de 130 atendimentos mensais.

As crianças dos demais setores como maternidade, pronto-socorro pediátrico, ambulatório de pediatria, unidade de internação da pediatria e projetos, como Consultório Itinerante e projeto inspira (em parceria com a Polícia Federal) ganharam brinquedos para levar para casa.

Pelo menos mil pessoas terão um Dia da Criança mais feliz: as 500 que receberam os presentes e as outras 500 que fizeram a doação. A Unidade de Comunicação do HUSM agradece a solidariedade de todos aqueles que contribuíram para essa campanha.

Imagens: