Apresentação Apresentação

Apresentação

A Maternidade Climério de Oliveira é a unidade docente-assistencial de Obstetrícia, Neonatologia e Saúde Perinatal da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Configurou-se como Maternidade da Bahia em 1909 e foi inaugurada em 30 de outubro de 1910.

É a primeira maternidade-escola construída no Brasil e foi planejada por iniciativa do professor Climério Cardoso de Oliveira, que após intensa movimentação popular, conseguiu recursos federais para a construção da maternidade. Na época, foi considerada por especialistas da área como uma das melhores maternidades-escola do mundo em instalações e equipamentos. Em seus pavilhões foram formadas diversas gerações de médicos que hoje estão espalhados por todo o país.

No Brasil, a MCO é pioneira no desenvolvimento de pesquisas na área de obstetrícia e abrigou, nas décadas de 1950 e 1960, o primeiro Centro de Reprodução Humana do Brasil. Na década de 70, obteve reconhecimento nacional pelas pesquisas na área de Fisiologia, o que fez com que a Organização Mundial da Saúde (OMS) instalasse na unidade o Centro de Pesquisa e Reprodução Humana (CEPARH) da América Latina, que foi dirigido pelo professor Elsimar Coutinho.

Foi incorporada à UFBA, como Órgão Suplementar, pelo decreto nº 62.241 de 8 de fevereiro de 1968, conforme resolução do Conselho Universitário, sendo vinculada à Faculdade de Medicina da Bahia.

Nos últimos anos, a Climério de Oliveira tem realizado uma política de reciclagem de pessoal, o que fez com que fosse intitulada como Hospital Amigo da Criança pelo Ministério da Saúde e o UNICEF (The United Nations Children’s Fund), que avaliaram o corpo clínico e suas rotinas e serviços de aleitamento materno. A MCO foi a primeira instituição universitária do Brasil a receber esta distinção.

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Sistema Universitário de Saúde (SIUNIS)