Minha História com a Rede Ebserh Minha História com a Rede Ebserh

O projeto “Minha História com a Rede Ebserh” apresenta relatos de superação e a trajetória até a cura dos pacientes atendidos pelos nossos hospitais universitários federais. É o seu trabalho mudando a vida de quem mais precisa!

Voltar

"Fiquei em coma por 36 dias... Nunca dirija depois de beber"

Minha História com a Rede Ebserh

"Fiquei em coma por 36 dias... Nunca dirija depois de beber"

Imagem

Sempre tive uma vida muito ativa, frequentava a academia, gostava de ir a festas, nunca gostei de ficar parado. Até que um dia, tudo mudou. Em junho de 2016, saí com os meus amigos para beber e, no caminho de volta para casa, sofri um acidente automobilístico.

Fui socorrido e levado para o Hospital Universitário da Univasf, onde começou a minha batalha. Fiquei em coma durante 36 dias; ao todo, foram 45 dias de internamento. Com a ajuda de minha família e dos profissionais do hospital, consegui sobreviver.

Saí do HU em uma cadeira de rodas e perdi 20 quilos. Precisei passar por sessões de fisioterapia e de fonoaudiologia, e, graças aos tratamentos, venho levando minha vida normalmente. Tenho muito respeito e valorizo muito a eficácia da fisioterapia, reconheço a sua importância para a recuperação de vítimas de traumas. Hoje compreendo a complexidade da saúde e os diversos fatores que interferem no nosso bem-estar.

Foram momentos muito difíceis para mim e para a minha família. Por isso, sempre falo para todos que, se você ama a sua família, se você ama Deus, não dirija depois de ingerir bebida alcoólica. Você poderá não só colocar a sua vida em risco, como também provocar um sofrimento enorme nas pessoas que te amam.

João Victor dos Santos, 25 anos, protético

Sobre a Ebserh

Desde janeiro de 2014, o HU-Univasf é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.