Notícias Notícias

Voltar

Projeto voltado ao idoso funciona há mais de 20 anos no Gaffrée e Guinle

Terceira Idade

Projeto voltado ao idoso funciona há mais de 20 anos no Gaffrée e Guinle

Objetivo é fazer com que pessoas aumentem a qualidade de vida

Rio de Janeiro (RJ) - O Programa Renascer, criado em 1995 no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (HUGG-Unirio), tem por finalidade o planejamento de atividades para os idosos, ao longo da semana. Atualmente, cerca de 150 participantes comparecem assiduamente ao hospital filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), principalmente às quintas-feiras, dia de atividade obrigatória.

“Vindo aqui, o idoso melhora a qualidade de vida, o que diminui muito a internação. Muitas vezes, ele quer apenas conversar, e isso é fundamental, terapeuticamente falando, na busca da longevidade com bem-estar e conforto”, assegurou Maria Lúcia, uma das coordenadoras.

Ao programa estão ligadas as escolas de Medicina, Enfermagem, Nutrição, Teatro e Serviço Social, além de profissionais de psicologia e fisioterapia. “Nós temos vários projetos de extensão dentro do programa, que trazem o aluno para cá. Desta maneira, o estudante consegue aliar o aprendizado teórico, da sala de aula, com a parte prática na área do envelhecimento”, explicou Maria Tércia, também responsável pela iniciativa.

Além disso, anualmente ocorre a Feira do Idoso, que já está em sua 11ª edição, e que acontece no período do Dia do Internacional do Idoso, 01 de outubro. Durante o evento, diversas ligas da Escola de Medicina, e de fora dela, se reúnem, em tendas, para prestar alguns serviços de atenção ao idoso.

Qualquer idoso pode participar do programa. Basta se inscrever, a partir de janeiro, para participar da entrega de documentação e entrevista. Uma vez participante, terá sua renovação feita de forma automática.

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2015, o HUGG-Unirio é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do SUS, e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Com informações do HUGG-Unirio