Notícias Notícias

Voltar

Super-heróis invadem o Hospital das Clínicas da UFMG

Dia das Crianças

Super-heróis invadem o Hospital das Clínicas da UFMG

Várias atividades movimentaram as unidades filiadas à Ebserh

Belo Horizonte (MG) - Atividades referentes ao Dia das Crianças movimentaram os hospitais filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Meninos e meninas tiveram a oportunidade de trocar o tratamento de saúde por diversão e brincadeiras. No último sábado, 7, vários super-heróis invadiram o prédio principal do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC-UFMG), munidos de capas, armaduras e superpoderes traduzidos em forma de amor e carinho.

Ao todo, 12 alpinistas participaram da comemoração. Fantasiados, eles desceram de rapel o principal prédio do complexo hospitalar, de 11 andares, interagindo com as crianças internadas. Em seguida, houve distribuição de presentes. A ação foi uma iniciativa da Unidade de Pediatria, Cirurgia e Terapia Intensiva Pediátrica e do grupo Rapel Clandestino.

A estudante Taís dos Santos se encantou com os super-heróis. “Foi muito legal. Todo mundo gritou. Foi uma surpresa. Eu nunca tinha visto uma coisa igual”, afirmou ela, que acompanhava a irmã, Jessica, de 10 anos, internada no HC-UFMG. A menina também gostou do que viu. “Tirei várias fotos com os super-heróis e até ganhei presentes. Eu gritei muito quando eles chegaram”, contou.

Outras ações da Rede Ebserh

Na última quarta-feira, 4, as crianças internadas no HC-UFMG também tiveram uma tarde divertida e recheada de atividades especiais. Os pacientes do sexto e do décimo andar do hospital receberam a visita do boneco da Galinha Pintadinha, que interagiu com a criançada enquanto a banda infantil Bate e Rebate fazia a animação com muita música. Em seguida, as crianças ganharam presentes e um lanche especial com muito algodão doce e sorvete.

Já no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco, mais de 40 crianças se divertiram com algodão doce, pipoca, refrigerante, bolo, e claro, muitas brincadeiras. João Vítor da Silva, de 8 anos, faz fisioterapia uma vez por semana, e foi o primeiro a chegar na oficina de pintura. “Gosto muito de arte e de pintar”, destacou, com um grande sorriso. A festa contou ainda com a presença de voluntários do Instituto “Anjos da Enfermagem”, formado por estudantes com apoio dos Conselhos Estadual e Federal de Enfermagem.

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia (Hupes-UFBA) promoveu apresentações de palhaços, mágicos, bailarinas, peça teatral e distribuição de brinquedos para as crianças internadas. A Cia Multi In Cena apresentou a peça “Cinderella”. E na sexta-feira, 13, acontece a apresentação do grupo de palhaços “Sementes do riso”, com distribuição de presentes para as crianças.

Cerca de 30 pequenos pacientes internados no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) ganharam uma festa com decoração alegre, brincadeiras, apresentações culturais, lanche e entrega de presentes. As crianças puderam se divertir com piscina de bolinhas, cama elástica e pintura facial feita pela voluntária Joselene Alves.

A animação ficou por conta do grupo Semeadores da Alegria e do pessoal d’O Quintal – Espaço de Leitura, que contaram histórias e apresentaram teatro de fantoches. Também houve arte em balões e brinquedos, além de doação de fraldas descartáveis e produtos de higiene pessoal.  O HU-UFGD também recebeu a visita de super-heróis, princesas, fadas, bailarinas, bonecas e outros personagens infantis, promovida por integrantes do estágio em Psicologia Hospitalar de uma instituição de ensino superior privada de Dourados. As crianças ganham brinquedos – sendo alguns deles confeccionados pelo grupo com materiais recicláveis –, gibis, livros infantis e kits para desenho, com bloquinhos e giz de cera.

No dia 10 de outubro, a preocupação com exames e medicamentos deu lugar à pipoca, bolo, sorvete, brincadeiras, contação de histórias e distribuição de presentes no Hospital Universitário de Brasília da Universidade de Brasília (HUB-UnB). Paulo Henrique Souza, de 9 anos, ganhou um bolo de chocolate sem açúcar, já que ele tem diabetes. “Eu gostei muito de fazer a joaninha de papel. Foi legal”, disse.

Tema da festa, a joaninha estava presente na decoração e na história contada pela professora voluntária Marli Pereira. “Contar histórias ajuda muito na criatividade e desenvolvimento das crianças”, avaliou. A inspiração do dia veio do livro Uma Joaninha Diferente, cuja autora participou da festa e sorteou um exemplar às crianças. “É muito gratificante estar nesta comemoração”, afirmou.

No Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA), as crianças contaram com uma programação vasta, repleta de surpresas e de atividades como: músicas, brincadeiras, lanches, palhaços, teatro, pintura, cineminha, distribuição de presentes, entre outros. No último sábado, 7, foi preparada uma festa para o Setor de Hemodiálise com um momento repleto de descontração, alegria e homenagens aos pequeninos, que contou com um lanche todo especial, brincadeiras, apresentação teatral e distribuição de brinquedos.

Entre os dias 9 e 13 a Unidade de Humanização preparou atividades de recreação, exibição de filmes infantis, atividade educativa de higienização bucal, apresentação de um grupo de bonecas, coral, entre outros. E como resultado de um projeto piloto da Residência Multiprofissional em Saúde do HU-UFMA intitulado “Cuidando do Cuidador” foi realizado, no dia 10, a primeira apresentação do recém-criado coral “ Residentes Cantantes”. 

No Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), foram arrecadados mais de 500 brinquedos e livros infantis por meio da campanha Toda Criança tem direito de ler e brincar. As brinquedotecas da Pediatria e do Centro de Tratamento de Crianças com câncer (CTCriac) e a unidade de Quimioterapia Pediátrica foram contempladas com acervo de brinquedos. As crianças dos demais setores como maternidade, pronto-socorro pediátrico, ambulatório de pediatria, unidade de internação da pediatria e projetos, como Consultório Itinerante e projeto Inspira (em parceria com a Polícia Federal) ganharam brinquedos para levar para casa.

Em Aracaju, dezenas de crianças brincaram sem cessar no Ambulatório Pediátrico do Hospital Universitário da Universidade Federal de Sergipe (HU-UFS). A Organização Não Governamental Somos, em parceria com o HU-UFS, promoveu uma festa com fantasias e maquiagens de super-heróis, decoração com balões, entrega de brinquedos e lanches, tudo arrecadado por meio de doações. A festa contou ainda com músicas e danças infantis embaladas pelos voluntários da ONG Somos. 

Sobre a Ebserh

Desde dezembro de 2013, o HC-UFMG é filiado à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Imagens:

Com informações do HC-UFMG