Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Após anos de tratamento, ele melhorou e constituiu família”

Relatos de quem cuida

“Após anos de tratamento, ele melhorou e constituiu família”

Imagem

Em meados de 2001, o Ambulatório de Fibrose Cística do Hospital Universitário João de Barros Barreto, do Complexo Hospitalar da UFPA, recebeu uma criança de 6 anos de idade que apresentava quadro de desnutrição grave, exteriorização do reto recorrente, diarreia crônica, distensão abdominal, sintomas de contraturas com fortes dores musculares que não permitia a ela andar, além de pneumonia de repetição com referência de mais de 20 internações desde o nascimento. Ela chegou ao hospital para investigação diagnóstica e tratamento especializado, carregada nos braços do pai, muito grave.

A internação foi necessária para descobrir a doença de base com maior segurança. Após Teste do Suor foi confirmada que era Fibrose Cística. Diante disso, toda a equipe foi acionada para dar suporte à criança e sua família, fornecendo orientações sobre os cuidados, treinamento para fisioterapia e visitas diárias da nutricionista para reposição de vitaminas e suplementação nutricional. A família recebeu também apoio da psicóloga, assistente social e da médica para esclarecer sobre a doença e sua evolução e cuidados necessários durante toda a vida da paciente.

O paciente evoluiu com melhora progressiva, voltou a andar após dois meses de iniciado o acompanhamento multidisciplinar, constatou-se a regressão da distensão abdominal e dores musculares, ganhou pesoe estatura  progressivamente, com estabilização do quadro respiratório. Porém, por vários episódios, a paciente necessitou de internação, por conta do abandono da rotina necessária para garantir estabilidade clínica. Com a persistência da equipe no cuidado, foram feitas intervenções na família, visitas domiciliares e integração da criança à escola e atividades físicas compatíveis com a idade. Junto ao INSS foi adquirido um benefício. 

Após anos de tratamento, o paciente alcançou a idade adulta, assumiu seu tratamento e constitui família com esposa e dois filhos. Junto à Associação de Pais e Companhia de Habitação (Cohab), há dois anos recebeu o cheque-moradia para reforma do seu domicílio.

O resultado de um trabalho harmonioso de equipe para garantir a adesão foi determinante para melhora do prognóstico, qualidade de vida e sobrevida. Relatos como esse estimulam a equipe do ambulatório de FC do Barros Barreto a persistir, mesmo diante das adversidades clínicas e sociais dos pacientes, na busca por melhoria da prestação de serviços tanto em nível estrutural, quanto material e humano.

Valéria Martins - coordenadora do Ambulatório de FC
HUJBB-UFPA

Sobre a Ebserh

Desde outubro de 2015, o Hospital Universitário João de Barros Barreto é filiado à Rede Ebserh. Vinculada ao MEC, a Ebserh administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.