Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Nossos nomes se resumem em uma única palavra: esperança”

Relatos de quem cuida

“Nossos nomes se resumem em uma única palavra: esperança”

Imagem

Um dia alguém, que eu desconheço, teve um sonho. Este alguém espalhou as sementes deste sonho por aí, e esperou ansiosamente que elas brotassem e que o sonho se tornasse realidade. Mas nem todos os sonhos podem se tornar realidade imediatamente.

Passaram-se os meses e os anos, e as sementes deste sonho permaneceram germinando lentamente. Por vezes, sendo estimuladas pelas pessoas que também passaram a compactuar do mesmo sonho; e em outros momentos, sendo cerceadas pelo mundo desafiador onde estas sementes precisavam brotar.

Até que um dia nós nos encantamos pelo sonho deste alguém que eu desconheço, assim como tantas outras pessoas também se encantaram. E os que eram ‘alguns’ foram se tornando ‘muitos’, e as sementes finalmente tornaram-se frutos.

O dia em que comemoramos o primeiro aninho de nosso filho – a UTI Pediátrica do HU-Furg – colocamos nossos nomes na história. Não na história do Hospital Universitário que tanto amamos, tampouco na história de da cidade de Rio Grande e do estado do Rio Grande de Sul. Colocamos nossos nomes na história das famílias que temeram perder seus filhos. Colocamos nossos nomes na história de Pedros, Marias, Sophias, Lucas e tantos outros que, por algum motivo, ficaram entre a vida e a morte e que precisaram das pessoas certas no lugar certo.

Ao longo deste ano, nós mudamos nossos nomes e adotamos uma nova identidade que se resume em uma única palavra: esperança. Esperança de segurar o filho saudável novamente no colo. De vê-lo brincando com seu brinquedo favorito. Esperança de vê-lo sorrir ao andar de balanço. Esperança em ver que toda essa fase ruim vai passar e em breve ele vai correr pela casa novamente.

E como não se emocionar, orgulhar e motivar sabendo que somos esperança?!?! E por sermos esperança aprendemos que a luta que travamos não é somente pela vida ou pela qualidade de vida, mas pela dignidade humana. E é a busca pela dignidade humana que nos move, que nos faz sorrir, que nos emociona, que nos faz chegar ao trabalho motivados e ir embora repletos de orgulho do que somos juntos.

Fica aqui meu singelo registro do orgulho que sinto pelo caminho que trilhamos e da gratidão que tenho às pessoas que nos permitiram sonhar e ajudaram a transformar este sonho em realidade.

Muitos desafios virão e serão superados. Muitos medos surgirão e serão sobrepujados. E o sonho se manterá vivo, pois agora nos chamamos esperança.

Heitor Biondi
Enfermeiro Líder da UTI Pediátrica - HU-Furg

Sobre a Ebserh

Desde julho de 2015, o HU-Furg é filiado à Rede Ebserh. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.