Relatos de Quem Cuida Relatos de Quem Cuida

O projeto “Relatos de quem cuida” apresenta histórias de atendimentos de saúde marcantes na vida dos colaboradores (funcionários, estudantes, residentes, professores) dos hospitais da Rede Ebserh. É o trabalho de pessoas que se dedicam para mudar a vida de quem mais precisa!

Voltar

“Ajudamos a salvar vidas e temos oportunidade de aprender todos os dias”

Relatos de quem cuida

“Ajudamos a salvar vidas e temos oportunidade de aprender todos os dias”

Imagem

O trabalho no Centro de Informação e Assistência Toxicológica (CIATox) do Hospital Universitário da Universidade Federal de Santa Catarina (HU-UFSC) é uma oportunidade fantástica de aprendizado e um desafio constante para os profissionais. Você tem de dar informações precisas e com esta informação ajuda médicos a salvar vidas.

Comecei a trabalhar no HU em 95, quando fui aprovada em concurso para a área de emergência e, em 2000, fui para o Centro, onde havia feito estágio entre 1989 e 1992. Fazemos um serviço de atendimento direto aos profissionais de saúde que precisam de orientação sobre casos de envenenamento ou intoxicação ou mesmo de leigos que buscam por estes serviços quando têm algum problema nesta área.

Aqui, atendemos ligações de todo o estado de Santa Catarina, cerca de 15 mil atendimentos por ano, numa média de 40 a 50 casos por dia, número que pode triplicar durante o verão. Então, é uma área muito dinâmica e que exige busca de conhecimento constante, já que todos os dias aparecem situações novas, envolvendo abuso de drogas, intoxicação por medicamentos, acidentes com animais peçonhentos, problemas com uso de agrotóxico, entre outros.

É por isso que recomendo a jovens que quiserem trabalhar nesta área que façam o estágio no Centro de Informação e Assistência Toxicológica, pois só lá eles poderão vivenciar esse dinamismo. Todo dia é uma situação diferente e é preciso estar atualizado.

Adriana Mello Barotto
Médica do CIATox – HU-UFSC

Sobre a Ebserh

Desde março de 2016, o HU-UFSC é filiado à Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.